Estamos muito próximos do lançamento do Windows 8, a nova versão do sistema operacional da Microsoft. Dessa vez, eles decidiram incluir uma versão chamada Windows RT, que é pensada nos dispositivos móveis com processadores de arquitetura ARM, para que o sistema possa entrar de cabeça no mercado de tablets.

Vale lembrar que o Windows RT, diferente dos seus concorrentes iOS e Android, essa versão do sistema operacional é “completa”, tal como você vai encontrar nos desktops e laptops, e não “mobile”, como nos demais exemplos citados. A única diferença é que o Windows RT foi desenvolvido especificamente para trabalhar com os processadores ARM, sendo assim um sistema com uma performance mais eficiente até mesmo com um hardware com recursos mais limitados.

Daqui a uma semana, o mercado será invadido por uma grande variedade de dispositivos pensados no Windows 8, especialmente os tablets, que vão querer chamar a sua atenção e de todo o público. Por isso que, nesse post, vamos mostrar algumas das melhores opções que devem ser consideradas no segmento de tablets com Windows RT.

Microsoft Surface RT

Como não começar com o primeiro tablet criado diretamente pela Microsoft? A versão ARM deste dispositivo chegará ao mercado no dia 26 de outubro, prometendo ser o carro-chefe da nova plataforma, promessa esta que tem tudo para ser cumprida.

O preço inicial do produto recém lançado é de US$ 499, com uma capacidade de armazenamento de 32 GB, com um acréscimo de US$ 100 para o modelo de 64 GB, ou mais US$ 129, caso você queira esse maravilhoso case com teclado, criado de forma magistral pela gigante de Redmond. Além disso, o tablet conta com algumas especificações invejáveis, como um processador NVIDIA Tegra 3 quad-core, duas câmeras, espessura de apenas 9.3 mm e uma tela de 10 polegadas (720p). Com certeza será a primeira opção de muitas pessoas na hora de comprar um tablet com Windows.

ASUS Vivo Tab RT

A ASUS também aposta no mercado do Windows RT, e apresentou na IFA 2012 o seu tablet, o ASUS Vivo Tab RT, que promete muito potencial e qualidade, pois conta com um processador NVIDIA Tegra 3 de quatro núcelos, com uma GPU de 12 núcleos para a parte gráfica, 2 GB de RAM, câmeras de 2 MP e 8 MP, NFC, um peso mais leve que o Surface (520 gramas), e uma tela de 10.1 polegadas (1366 x 768). O usuário também vai contar com a opção de adquirir uma base dock com teclado QWERTY, com duas portas USB 2.0 e uma bateria adicional. Preço: US$ 599 (com 32 GB de armazenamento, além de US$ 199 adicionais para o dock com teclado).

Dell XPS 10

A Dell aposta no modelo XPS Duo 10, que é uma versão menor do XPS Duo 12, e que também combina as características de tablet e notebook em um único produto, além de contar com o Windows RT em suas entranhas. Um dos maiores destaques desse modelo é que sua carcaça é recoberta com fibra de carbono, oferecendo assim uma maior resistência e um peso mais leve, além de uma aparência visual muito atraente. No seu interior, encontramos um processador Qualcomm Snapdragon S4 de dois núcleos, e sua tela é de 10 polegadas (1280 x 720). Tem previsão de lançamento para o mês de novembro, mas o seu preço não foi anunciado.

Samsung ATIV Tab RT

Os coreanos da Samsung, que estão presentes em todo o tipo de mercado, não iam ficar de fora da festa do Windows RT. Na última IFA 2012, eles mostraram o novo ATIV Tab RT, que conta com um processador Qualcomm Snapdragon S4 dual core de 1.5 GHz, além de 2 GB de RAM e 32 ou 64 GB de armazenamento. Suas câmeras são de 1.9 e 5 MP (frontal e traseira, respectivamente), e sua bateria é de gerenosos 8.200 mAh. Diferente dos modelos anteriores, a Samsung aposta por incluir neste tablet os mais populares tipos de conectividade, como NFC, 3G e 4G LTE. Os preços das duas versões não foram revelados.

Muitos tablets com Windows RT em 2013

Sony, Toshiba, HP e outros grandes fabricantes decidiram ficar de fora dessa primeira leva de lançamentos do dispositivos com Windows RT. Porém, garantem que estão em seus planos lançar os seus modelos em um produto próximo. Com certeza esses fabricantes querem observar como essa primeira onda de lançamentos se sai junto ao público em termos de vendas, para só depois se aventurarem no investimento de tablets com o novo Windows. Principalmente no caso da HP, que não foi muito bem na sua primeira tentativa de entrar no mercado dos tablets.

Os quatro modelos que apresentamos nesse post são, na teoria, os melhores e mais promissores entre as opções de tablets ARM com Windows, que chegarão ao mercado até o final do ano de 2012. Vale a pena lembrar que existe a opção de utilizar os híbridos entre ultrabooks e tablets com Windows 8, se você quiser ter uma opção ainda mais completa e versátil com o novo sistema operacional da Microsoft.

Mas… fica a pergunta: esses novos tablets pode ameaçar o reinado do iPad? Vamos descobrir ao longo dos próximos meses.