Chegou a hora de conferir alguns dos melhores smartphones top de linha de 2018 (até o momento).

Grande parte desses modelos contam com enormes telas que foram alargando, com bordas reduzidas na maioria dos casos. Vamos tentar eliminar dúvidas, mostrando suas eventuais vantagens e diferenças entre os modelos mais parecidos, onde a principal similaridade entre eles é contar com um dos processadores mais potentes do ano, onde o Snapdragon 845 é uma referência.

 

 

Os ‘todo tela’ (ou quase)

 

 

Xiaomi Mi Mix, Samsung Galaxy S8 e iPhone X foram expoentes nesse aspecto em 2017. Para 2018, modelos como Oppo Find X e Vivo NEX S quase não contam com bordas, enquanto que o OnePlus 6 apostou no notch. Detalhe: todos os modelos estão sob a chancela da BBK Electronics.

O Oppo Find X esconde suas três câmeras de fotos no corpo do dispositivo. O Vivo NEX S tem ideia similar, mas com uma câmera retrátil, além de receber um leitor de digitais na tela. O modelo da Vivo é maior e mais pesado, por causa de sua tela de 6.6 polegadas e bateria de 4.000 mAh.

Já o OnePlus 6 tem uma das câmeras mais promissoras dos modelos top de linha de baixo custo, além do Dirac Sound via fones de ouvido.

Além deles, o Xiaomi Mi Mix 2s, construído em cerâmica e com sensor de proximidade com ultrassom que elimina sensores visíveis da frontal. Melhora a qualidade da câmera de fotos, e deve ser atualizado com um novo processador.

 

 

A invasão do notch

 

 

O iPhone X se destaca não apenas pelo ecossistema, mas por introduzir novos conceitos, como o Face ID via infravermelho, manter a tela sensível à pressão e o novo processador com redes neuronais que ajuda a melhorar o Face ID, além da detecção de rostos em vídeos e o desempenho geral do smartphone para ser mais fluído.

O Xiaomi Mi 8 possui sistema de reconhecimento facial por infravermelho, tela de 6.2 polegadas e, na versão Mi 8 EE possui leitor de digitais abaixo da tela no lugar da parte traseira, como no modelo original.

O Huawei P20 Pro chamou a atenção de muitos por causa de sua câmera traseira tripla que obteve excelentes resultados de fotos. Sua autonomia e construção de qualidade são dois outros alicerces a se considerar.

O Honor 10 tem tela de 5.8 polegadas, e possui câmera dual, resistência IP67, e é o mais barato desse comparativo.

O LG G7 se destaca pelos alto-falantes de alta qualidade e uma das telas com melhor visualização sob luz direta do sol. Do mais, a câmera é muito boa no papel (ainda estamos esperando para fazer o review para comprovar isso).

 

 

Aqueles que insistem em não eliminar as bordas

 

 

Há quem aposte nos designs mais tradicionais. Ou em outros designs exclusivos.

O Samsung Galaxy S9 Plus mantém a tela infinita com laterais curvados, aposta em uma das melhores câmeras do mercado, aposta mais em um som de qualidade via fones de ouvido e conta com exclusivos como o DEX e o AR emojis.

O HTC U12+ conta com câmera dupla traseira e frontal, edge sense que ativa funções personalizadas em função da pressão que fazemos nas bordas, e aposta em um som de qualidade com os alto-falantes BoomSound, os fones de ouvido de 32 bits e a gravação de vídeo com áudio em 3D.

Por fim, o Sony Xperia XZ2 é o mais modesto entre os modelos top de linha desse comparativo, com a menor tela (5.7 polegadas), mas com boa qualidade, e um som com ajuste flexível para resultados mais que aceitáveis.