jogos de 2016

 

Não resta dúvidas que 2016 foi um ano muito prolífico de um modo geral para o mundo da tecnologia, incluindo o mundo dos videogames. Durante 12 meses, vimos a chegada de alguns jogos muito esperados.

Nesse post, temos uma seleção dos melhores jogos de 2016, de acordo com a nossa visão, de quem escreve e acompanha esse mercado um pouco mais de perto.

 

 

Dark Souls 3

 

 

Uma obra prima, que encerra com maestria a franquia de Hidetaka Miyazaki. Um jogo imprescindível, que brilha em todos os sentidos. E recomendado até para quem não seguiu a saga.

 

 

Inside

 

 

Um jogo excelente, preciosista e muito bem cuidado, que combina puzzles e plataformas, com um design único e acabamento gráfico fantástico.

É a consagração dos criadores da Limbo, e uma mostra de que é possível fazer algo simples e grande ao mesmo tempo.

 

 

DOOM

 

 

Talvez o melhor jogo de ação em primeira pessoa de 2016, esbanjando qualidade por todos os lados. Perfeito no nível técnico, recupera a essência do jogo clássico, sendo divertido e bem otimizado, inclusive no PC.

 

 

Overwatch

 

 

O novo jogo da Blizzard gerou uma febre, e se tornou um grande sucesso. É divertido, rápido, frenético e viciante.

 

 

Uncharted 4

 

 

Um dos jogos exclusivos mais importantes do PS4, e uma clara mostra de que a otimização pode fazer maravilhas, até mesmo em um hardware de 2012. Aventura e ação se unem em um jogo que é imprescindível.

 

 

Civilization 6

 

 

Um grande jogo de estratégia que volta para nos lembrarmos como era jogar esse tipo de jogo por várias horas. Não é um jogo para todos, mas se você gosta do gênero, deveria dar uma chance.

 

 

Gears of War 4

 

 

A franquia da Microsoft está de volta, e em grande estilo. Sua estreia no Xbox One e no PC surpreendeu positivamente, já que o jogo tem uma excelente qualidade, é muito jogável, divertido e está bem otimizado. Muito recomendado, principalmente para quem gosta de jogos de ação em terceira pessoa.

 

 

Mirror´s Edge Catalyst

 

 

A volta de Faith Connors nos deixou um bom gosto na boca. Um jogo que marca uma evolução clara diante da primeira entrega. Fazer parkour em uma cidade enorme nunca foi tão divertido.

 

 

The Last Guardian

 

 

Era um dos jogos mais esperados, e depois de nove anos de desenvolvimento, finalmente se transformou em realidade. Porém, o excesso de expectativa gerada não fez bem algum ao jogo.

Não agradou a todos, mas isso não muda a realidade objetiva. É um jogo diferente, com uma história única, dois personagens que nunca esqueceremos e animações soberbas.

 

 

Battlefield 1

 

 

O pessoal da DICE fez um excelente trabalho com o novo jogo da franquia da EA, com excelente ambientação, qualidade gráfica sensacional e muito bem otimizado.

Sua campanha é aceitável, mas o modo multiplayer é um autêntico vício.