1371234242

A E3 2013 está chegando ao fim, porém, a Microsoft e o Xbox One continuam dando o que falar. Agora, chega a notícia que os jogos do novo console da empresa de Steve Ballmer que foram apresentados durante o evento estavam rodando em potentes PCs instalados nas salas disponíveis para degustação dos gamers, e não em consoles Xbox One.

A notícia veio através de uma mensagem enviada por Julian Rignall, via Twitter:

I just played an Xbox One game using an Xbox One controller that crashed… to a Windows 7, Hewlet Packard-branded desktop. Magic!

— Julian Rignall (@JazRignall) June 13, 2013

Peter Moore, executivo da Electronic Arts, comentou durante a coletiva de imprensa da empresa que os jogos do Xbox One estavam rodando em kits de desenvolvimento, que contavam com especificações técnicas comparáveis ao dos consoles atuais. Não dá para saber se durante o keynote isso foi verdade, mas fato é que, a não ser que o Xbox One venha camuflado dentro de um equipamento da HP, com uma unidade gráfica da NVIDIA (GeForce 700 GTX), estamos diante de mais um caso de “maquiagem” de demonstração, que está ficando cada vez mais comum no mundo da tecnologia.

O pior da história para a Microsoft não foi a confissão de Peter, mas pelo fato de diversos convidados para as tais demos fotografarem o os tais PCs que estavam instalados no recinto (uma vez que um deles deu problema no meio da demo), enquanto outros jogadores se divertiam em um Xbox One que, na prática, não estava lá.

Devo deixar claro que não podemos podemos qualificar isso como um escândalo. A essa altura do campeonato, não deveria ser surpresa para ninguém a adoção dessa prática. A E3 é a maior feira do mundo dos videogames, e as marcas estão lá para apresentar as suas principais armas, com a menor margem de erros possível. Porém, na prática, o que rolou por lá foi uma pequena (grande) “enganação”, uma vez que certamente alguns convidados acreditavam que estavam tendo uma experiência completa, com um console Xbox One.

Diante dessa notícia, diversos desenvolvedores de jogos para o PlayStation 4 se apressaram em confirmar que os seus jogos estavam rodando na sala de demonstração da feira em equipamentos de desenvolvimento. A única diferença é que todos esses equipamentos contavam com as mesmas especificações técnicas do novo console da Sony, e não com “valores aproximados”, como nos PCs da demonstração da Microsoft.

E como até o momento não foi provado o contrário no caso da Sony, temos que acreditar nas palavras dos desenvolvedores.

Mas… Microsoft… vocês poderiam ter avisado antes, não é mesmo?

Foto: GamindBlend

Via