As pessoas com algum conhecimento mais aprofundado em tecnologia sabem como identificar e-mails falsos com relativa facilidade. Isso é bom para nós, e basicamente, ruim para os demais, porque segundo nos conta o pesquisador de segurança pod2g, as mensagens de SMS de alguns telefones sofrerão de um problema similar ao dos e-mails, permitindo que hackers se passem por algum conhecido ou empresa, bastando apenas incluir uma linha de código na mensagem.

A especificação para mensagens SMS contém um espaço opcional para “responder a”, que no caso do iPhone, estaria sendo substituído pelo termo “de”. Isso significa que um hacker poderia, se quisesse, se passar por alguma empresa (como o seu banco, ou sua prestadora de cartões de crédito, por exemplo) ou familiar, e enviar um link via SMS, que direcionaria para uma página web, onde poderia, a partir daí, roubar os seus dados privados.

O pesquisador disse que, muito em breve, ele vai publicar uma ferramenta que demonstra tal vulnerabilidade, mas enquanto isso, ele alerta o problema para a Apple, e pede para que o fabricante do iPhone solucione o problema o quanto antes possível, com a esperança que o bug seja corrigido antes do lançamento do iOS 6, uma vez que a vulnerabilidade está presente em todas as versões do iOS.

Na realidade, me parece que se os hackers não abusaram de forma muito alarmante desse problema desde 2007, possivelmente não é algo tão grave quanto se pensa. De qualquer forma, é melhor prevenir do que remediar.