play-station-now

A Sony confirmou os preços para os Estados Unidos da beta do PlayStation Now, o seu serviço de aluguel de jogos por streaming. Vale lembrar que tanto os valores quanto o serviço como um todo são experimentais, e talvez principalmente por conta desses dois fatores, esses valores são simplesmente absurdos.

Por partes. Um jogo como Final Fantasy XIII, que foi lançado em 2012, tem os preços que você vê na tela a seguir.

vpnnfnwwvpxmi6jhniea

Isso mesmo que você acabou de ler: US$ 5 por apenas QUATRO HORAS DE JOGO, ou US$ 30 por TRÊS MESES DE ALUGUEL. Levando em conta que esse mesmo jogo pode ser comprado na Amazon por US$ 18 (em média) a proposta da Sony é simplesmente ridícula. Apenas isso.

Agora… imagina se fosse no Brasil?

Os valores variam de jogo para jogo, mas a cobrança acontece com todos os jogos. A Sony explica em nota na parte inferior da tela que “os jogos e as funções mostradas são apenas para testes, e não são um indicativo do preço final”. Tudo bem. Porém, o grande problema é que, se nesse momento, se o objetivo é testar um software beta, é preciso pagar. Por que lançar então um beta com preços tão elevados?

npenxaueugo7coikcwwf

O mais preocupante de tudo isso é que esses valores não se distanciam muito dos preços finais. Em um documento de FAQ para o PlayStation Now, a Sony explica: “A próxima bera aberta testará múltiplas opções de preços e períodos de duração de aluguel. Veremos períodos curtos de aluguel a preços muito baixos, como US$ 2.99, e a maioria dos jogos estarão entre esse valor e US$ 19.99. Anunciaremos em breve maiores informações”.

US$ 2.99 pode ser barato sim, mas não por um aluguel de apenas quatro horas de jogo.

Conclusão: a não ser que algum maluco queira pagar absurdas quantidades de dinheiro, pelo menos por enquanto, não ter a opção do PlayStation Now para testes no Brasil acaba sendo um ótimo negócio.

Via US.PlayStation.com