microsoft nokia smartphone

O início do fim da Nokia como conhecíamos se deu quando a Microsoft assumiu as rédeas da empresa. A gigante de Redmond priorizou o seu sistema operacional, mas acabou com projetos em desenvolvimento pelos finlandeses.

Muitos dos produtos estavam prestes a chegar ao mercado, ou em estágio muito avançado de desenvolvimento. Alguns com hardware muito interessante para impulsionar o Windows Phone, o que mostra que as decisões da Microsoft levaram em consideração alguns fatores.

Fatores esses que serão listados nesse post.

 

Uma coleção de dispositivos

gadgets nokia abandonados pela microsoft

A imagem acima mostra uma coleção de gadgets inacabados da Nokia. Alguns deles eram especulados como o tablet Lumia 2020 (em verde), com Windows RT, tela de 8.3 polegadas (1080p) e slot para SIM card. Outros modelos cancelados são o Lumia 650 XL, ou o Nokia XL 2, com Android. Os demais dispositivos Não foram identificados, mas não resta dúvidas que o material era vasto.

 

McLaren, o smartphone top de linha cancelado

 

Este é, provavelmente, o mais interessante de todos os projetos cancelados, e o que mais tem informações reveladas. O Nokia McLaren esteve muito perto de ser lançado em 2014, recebendo o Windows Phone como sistema operacional, tela de 5.5 polegadas (Full HD) com “3D Touch”, semelhante ao que a Apple oferece hoje, mas dispensando a necessidade do toque na tela para a interação e um sensor fotográfico de 20 MP (limitados a 8 MP por software).

nokia mclaren review

Em linhas gerais, o modelo era uma atualização direta do Lumia 930, e teria ajudado a revitalizar um pouco as vendas, sendo uma proposta muito interessante para o período de compras natalinas.

 

Um smartwatch…

smartwatch Nokia

A Nokia também estava desenvolvendo um smartwatch, o Moonraker. Era um relógio inteligente muito colorido e com ar esportivo, no estilo Nokia de ser. Mas a Microsoft não viu muito sentido comercial no produto.

Especula-se que o produto foi apresentado em um evento privado na MWC 2015, e que deveria chegar ao mercado junto com o Lumia 930. Tudo indica que seria um gadget capaz de monitorar nossas atividades físicas, além de receber notificações. Anos depois, vimos a nova Nokia lançar o Withings, o que indica que cedo ou tarde veremos novas apostas nesse segmento.

Honjo, um smartphone com Windows 10

microsoft honjo

Um dos projetos cancelados mais jovens, já com Windows 10.´O Hondo foi cancelado na mesma época que a Microsoft cancelou o lançamento de outros modelos, reduzindo o seu catálogo de smartphones aso escassos Lumia 550, 650 e 950/950 XL.

O Microsoft Honjo estava em estágio mais que avançado de desenvolvimento, a ponte de poder sser utilizado em apresentações de produtos ou lançamentos. Seu protótipo real indicava especificações simples, como um processador Snapdragon 210 e tela 720P.

 

E um tablet: Mercury

 mercury nokia

Por fimm, um tablet, onde a Nokia até tinha história, mas poucos sucessos. Um dos futuros produtos que esperamos da nova empresa é o Nokia N1, um tablet com sistema operacional Android.

Com a chegada da Microsoft e do sistema Windows, muitos pensaram que essa revitalização faria do Lumia o parceiro perfeito para os novos dispositivos Surface. Mas isso não aconteceu, o que resultou no tablet Lumia 202 e do Mercury, em desenvolvimento.

Desse último, foi interessante ver como a Nokia manteve o design da linha Lumia, deixando o dispositivo com ar de smartphone gigante, principalmente pelas bordas quase inexistentes na parte frontal.

A Nokia demostrou em diversas oportunidades que as ideias que brotavam dos seus laboratórios de desenvolvimento foram muitas vezes utilizadas pela concorrência. Seja por falta de percepção, por arrogância, ou porque a Microsoft cancelou tudo, fica a clara impressão que a Nokia poderia ser mais do que foi.