650_1000_hp-chromebook-11-3

Google e VMWare fecharam um acordo que vai permitir que aplicativos do Windows funcionem no Chrome OS, em um importante passo para aumentar a relevância desse sistema operacional, além de impulsionar as vendas dos Chromebooks, que tiveram um 2013 notável no mercado de computadores.

Os portáteis de baixo custo estão orientados a funcionar na nuvem, mas a Google quer cada vez mais oferecer recursos “locais”, e a possibilidade de rodar aplicativos do Windows agrega um valor importante aos Chromebooks, que conquistaram 21% das vendas de portáteis nos EUA em 2013 (segundo informa a NPD). Ainda que essa porcentagem não inclua os canais de distribuição mais importantes, os comércios físicos e online, e esteja totalmente destinada ao mercado educativo, educacional e governamental.

Mesmo assim, esse crescimento é importante: a possibilidade de rodar aplicativos Windows através da virtualização abrirá as portas para o uso dos Chromebooks em ambientes empresariais. Nessa oferta, devemos adicionar as garantias que o Chrome OS oferece em matéria de segurança, em um sistema operacional muito focado nessa matéria. Foram adicionadas diversas técnicas de segurança para proteger a integridade do sistema.

Por enquanto, os engenheiros da VMware estão preparando um aplicativo que estará disponível na Chrome Web Store em breve.

Via CNETGoogle Enterprise Blog