npd-cifrasventas

O momento é perfeito para fazer revisões e balanços de final de ano, incluindo os estudos relacionados às vendas de equipamentos eletrônicos. A última pesquisa realizada pelo NPD Group informa que os Chromebooks representam hoje 9.6% de todos os computadores vendidos nos canais comerciais dos Estados Unidos em 2013 (entre os meses de janeiro a novembro), um dado que, isolado, não quer dizer muita coisa, mas quando vemos nos detalhes, nos damos conta que a tal cota supera as vendas obtidas pelos tablets Android (8.7%), tablets com Windows (2.2%) e MacBooks (1.8%).

Nada, nada… já é uma boa fatia de um mercado que hoje segue sendo dominado pelos iPads (a saber: o NPD Group colocou no mesmo grupo tablets, computadores PCs, Macs, notebooks, ultrabooks e Chromebooks). E, mesmo assim, o crescimento do tablet da Apple foi menor em relação ao ano passado (15.8% em 2013, contra 17.2% em 2012). Já nos computadores portáteis, o Windows segue sendo o sistema dominante, mas também com uma porcentagem menor (34.1% em 2013, contra 42.9% em 2012).

npd-computing-brand-share-2013

Fazendo uma leitura das marcas (tabela acima), a HP é a líder, seguida pela Lenovo e Apple (todas registrando quedas de cota de mercado). A principal culpada parece ser a Samsung, que cresceu a sua fatia de mercado de 1.7% em 2012 para 10% em 2013.

É importante destacar que os dados coletados pelo NPD Group fazem referência aos equipamentos pré-configurados, vendidos através de canais comerciais. Se somarmos esses números com os resultados das vendas empresariais (que movem um grande volume de vendas dos computadores tradicionais, tanto em notebooks/ultrabooks quanto em desktops), o resultado final do estudo pode variar de forma significativa.

Mas… me diga você, amigo leitor: você deixou de lado o desktop para comprar um notebook? Ou o notebook para comprar um tablet?

Será que o mercado de PCs vai mesmo desaparecer? Fica a questão.

Via NPD Group, Electronista