celulares design

 

O trabalho de design está em qualquer produto que você tem, incluindo os telefones móveis. Hoje, temos uma linha de design mais homogênea, mas no passado, a profusão de linhas era enorme.

Os celulares do passado não eram capazes de fazer a metade do que um smartphone atual faz, mas era muito mais criativo no design. E nesse post, vamos ver os modelos com linhas mias loucas de todos os tempos.

 

 

Nokia 3650

 

 

Lançado em 2003, seu teclado circular não deixou ninguém indiferente. Porém, no Nokia 3660, a ideia foi descartada, voltando ao teclado tradicional.

 

 

Nokia 7600

 

 

Também lançado em 2003, contava com um design semi-quadrado, semi-circular, que rodeava uma tela de 2 polegadas. Ah, sim… tinha uma câmera integrada (VGA).

 

 

 

Nokia 7280

 

 

Também conhecido como Nokia Lipstick, foi lançado em 2004, apostando em um design jamais visto. Era tão original, que 13 anos depois, segue sendo o único de sua espécie.

 

 

 

Nokia N90

 

 

Com um design dobrável pouco habitual, esse modelo poderia se transformar em uma filmadora de bolso. A câmera em si era de 2 MP e contava com lentes Carl Zeiss.

 

 

Nokia E70

 

 

De todas as loucuras da Nokia, essa é a mais prática. Um teclado QWERTY tradicional e bem peculiar, dividido em dois, com uma tela no centro.

 

 

Nokia 5700 XpressMusic

 

 

Parecia um telefone normal, mas toda a parte inferior do teclado podia girar para ter os controles de reprodução musical na parte frontal.

 

 

Nokia N-Gage

 

 

Um dispositivo mítico. Metade telefone, metade console portátil. Uma digna tentativa da Nokia em entrar no mercado de console portáteis, mas que não deu certo por não ser bom nos dois conceitos: nem como telefone, nem como console.

 

 

Motorola V100

 

 

A ideia aqui era similar ao dos telefones de concha, com um teclado QWERTY completo e vários botões, todos muito pequenos. Na prática, mas parecia uma calculadora.

 

 

Motorola V70

 

 

Mantém o conceito de telefone de concha, mas dessa vez em sistema giratório. Era bem original, mas deixava a tela como um elemento secundário.

 

 

Motorola FlipOut

 

 

Combinava a ideia de teclado físico com tela touch, com um sistema de dobradiça giratória pouco habitual. Um dos primeiros smartpones onde a tela tinha mais protagonismo, mesmo sendo quadrada.

 

 

Alcatel OT-808

 

 

Lançado em 2010, o modelo combina tela e teclado completo em um design dobrável do tipo clamshell. Aqui, temos uma mini tela na parte externa, que exibe as horas e o nível de bateria.

 

 

Microsoft Kin One

 

 

Também entra na série de smartphones quadrados, (ou quase), incluindo um teclado completo. A marca apostou em formas mais redondas e um sistema de abertura deslizável, como vimos em alguns BlackBerrys.

 

BlackBerry Passport

 

 

Este é um dos designs mais chamativos, e um dos mais incômodos. Com 9 cm de largura, não é fácil segurá-lo com uma mão, e seu peso de 196 complica ainda mais a equação.

 

 

Samsung Serene

 

 

Desenvolvido em parceria com a Bang & Olufsen, é um modelo que parece mais uma caixa de joias ou de maquiagem. Lançado em 2005, conta com design dobrável quadrado que combina tela de um lado com um teclado numérico circular do outro.

 

 

Samsung Galaxy Beam

 

 

Foi lançado em 2012, e contava com um projetor integrado. Parece que funcionou, já que a Samsung repetiu o feito em 2014. Só que não, já que nenhum dos dois modelos foi um sucesso.

 

 

Samsung Galaxy Round

 

 

Em 2014, a Samsung promoveu a chegada das telas dual-edge, mas nesse caso, as curvas não serviam para absolutamente nada.

 

 

LG G Flex

 

 

Quase ao mesmo tempo que a Samsung, a LG ofereceu a sua proposta de tela curva, com um design mais ergonômico, mas em uma tela de 6 polegadas. Se destacava por ser um smartphone flexível, e com carcaça traseira em material que se reparava sozinho.

 

 

Siemens SX1

 

 

Voltando para 2003, temos um celular com design muito similar a outros da marca, mas com a peculiaridade das teclas numéricas ficando ao redor da tela.

 

 

Siemens Xelibri

 

 

Oito dispositivos criados por designers conhecidos, e que se anunciaram como complementos da moda. Porém, mais pareciam dispositivos saídos de um episódio de Star Trek.

 

 

Toshiba G450

 

 

Um modelo com uma parte frontal peculiar, com o círculo superior integrando a tela minuscula, enquanto que os dois círculos inferiores contando com as teclas físicas.

 

 

F88 Wrist Watch Mobile Phone

 

 

Lançado em 2006, era um celular com alma de smartwatch, apesar de não ter muito de “smart”. Com tela colorida, alto-falante integrado e jogos, custava mais de US$ 1.000.