Se você ainda usa as partituras feitas de papel para executar músicas, sinto em lhe dizer, mas você está velho e ultrapassado. Faz um certo tempo que muita gente especula a possibilidade de substituir páginas e páginas de partituras de papel por um simples, moderno e eficiente tablet, e isso finalmente aconteceu. A Orquestra Filarmônica de Bruxelas (Bélgica) decidiu abandonar todo o calhamaço de papel cheio de notas, e passou a adotar tablets Galaxy Note 10.1 em suas execuções musicais, e contou com uma mãozinha da Samsung para isso.

O administrador da orquestra, Gunther Broucke, explica que sua instituição musical sempre está buscando soluções para não apenas melhorar a sua performance, mas também para inovar no seu processo de executar as músicas. O processo de organização e distribuição de partituras para toda a orquestra é algo que consome muito tempo. E a Samsung viu nessa busca da orquestra uma excelente oportunidade de fazer um marketing positivo dos seus produtos. Por isso, fez a doação de 100 unidades do tablet Galaxy Note 10.1, com um software especialmente desenvolvido para a orquestra.

Com o uso dos tablets, a Filarmônica de Bruxelas vai economizar aproximadamente 25 mil euros anuais em cópias impressas de partituras, uma vez que o Galaxy Note é considerado um produto perfeito para os músicos, dentro dos seus propósitos de verificação e edição musical. Através do software instalado no tablet, o regente pode, por exemplo, fazer anotações ou alterações na sua partitura, e automaticamente enviar essas modificações para os músicos, que vão receber essa alteração ao mesmo tempo. Economia de papel e de tempo para todos.

Os tablets fornecidos para a orquestra também podem funcionar em modos especialmente preparados para a utilização em concertos, que previne a mudança de página não intencional, ou o acionamento do zoom no meio da apresentação. Notificações e outras distrações que podem induzir o músico ao erro também são desativados. Afinal de contas, ninguém vai querer a mãe chamando no Skype enquanto você executa alguma peça de Haendel, certo?

No vídeo abaixo, você poderá ver um pequeno trecho demonstrativo sobre o projeto patrocinado pela Samsung.