multivivo

Conforme antecipamos no final da semana passada (clique aqui para ler), a operadora Telefônica/Vivo anunciou de forma oficial o lançamento do serviço MultiVivo, que permite aos seus clientes de planos de telefonia móvel pós-pagos o compartilhamento da conexão 3G de seu smartphone com até cinco dispositivos diferentes. No evento realizado hoje (15) em São Paulo, a empresa detalhou como o serviço vai funcionar na prática, e quanto ele vai custar.

O objetivo aqui não é simplesmente fazer o “tethering” entre os aparelhos, mas sim, o compartilhamento da quantidade total do pacote de dados entre os dispositivos cadastrados. Ou seja, no lugar do assinante precisar assinar um plano individual de dados para cada dispositivo, ele pode pagar um valor adicional para compartilhar o pacote de dados entre os números cadastrados.

Algo semelhante pode ser feito hoje com os planos Família oferecidos pela Vivo, porém, nesses planos, quanto maior o número de linhas contam com o benefício de compartilhamento, mais alta a conta principal fica. Em compensação, o compartilhamento das linhas nos planos Família é “espelhado”: o mesmo pacote de dados da linha principal é repassado para a linha adicional, sem prejuízo para ambos os lados.

Nesse caso em particular, a conta só aumenta para que o plano de dados seja compartilhado, com um valor fixo para cada dispositivo adicional. No caso dos smartphones, o valor é maior (tal como é no plano Família), uma vez que o plano de voz e mensagens SMS são compartilhados.

Com isso, a Vivo acredita que a conta do usuário que conta com pelo menos três dispositivos (um smartphone, um notebook e um tablet) pode sofrer uma redução média de 35% em relação à aquisição de todos esses serviços em separado.

Preços

Para a conexão de tablets e notebooks via modem 3G, o valor é de R$ 29/mês, por dispositivo (ou linha cadastrada). Para celulares, o valor também é de R$ 29/mês por aparelho (preço promocional por 12 meses: o valor normal dessa modalidade é de R$ 39/mês). No caso dos smartphones, esse valor sobre para R$ 49/mês por dispositivo cadastrado, por também compartilhar as franquias de voz e SMS. No Nordeste, esse pacote para smartphones tem o valor reduzido para R$ 39/mês por dispositivo.

Cada usuário pode cadastrar até cinco dispositivos no mesmo plano MultiVivo, e a operadora garante que mesmo que os seis dispositivos estejam conectados no mesmo plano, não haverá nenhum tipo de redução de velocidade em nenhum dos dispositivos. Todas essas conexões serão cobradas em uma única conta, centralizando todas as cobranças e (segundo a Vivo) com uma maior praticidade no cálculo dos valores cobrados pelas conexões de internet. Além disso, cada adição de dispositivo vai ser feito pelo próprio usuário, em seu telefone principal, reduzindo assim o processo burocrático.

O serviço do MultiVivo é exclusivo para os clientes de linhas pós-paga da operadora. Para mais informações sobre o serviço, acesse a página oficial do MultiVivo no site da Vivo.