oneplus-one

É uma notícia curiosa, levando em conta que o smartphone em questão foi concebido com o pessoal da Cyanogen – e esse é claramente um dos motivos de suas reclamações. Rumores vindos da China (site Sina Tech) revelam que a OnePlus já está trabalhando em suas próprias ROMs.

O que dizem é que o desenvolvimento do sistema não está tão rápido quanto a OnePlus gostaria, e já haveriam mudanças de estratégia para um futuro próximo, ou com novos produtos, ou diretamente com o OnePlus One. Para isso, o fabricante deslocaria a sua equipe de desenvolvimento para Taiwan, para o desenvolvimento de sua própria ROM ou versão do sistema operacional da Google.

Tudo isso, para deixar a CyanogenMod para trás.

O Sina Tech garante que a informação veio do CEO da OnePlus, Peter Lau, mas não há uma forma simples de confirmar as informações. Outros veículos locais contactaram a empresa, que confirmaram a mudança de país, mas nada sobre abandonar a Cyanogen.

Até que novos detalhes apareçam, e se tudo isso estiver correto, teremos outro fabricante personalizando o Android. Sabemos da capacidade deles por conta dos primeiros modelos Oppo. Porém, é tudo aquilo que a Google NÃO quer para o seu sistema.

Também devemos ver o assunto por outra ótica. Sair da China para fazer um trabalho especial e localizado pode significar uma forma de desenvolver suas ROMs no telefone atual, inclusive ao gosto do mercado chinês. Sair para manter segredos importantes.

O CyanogenMod é um trabalho elogiado por ser simples e intuitivo. Porém, há coisas que precisa melhorar, como o aplicativo de câmera ou a velocidade de atualizações. E a OnePlus não parece muito disposta a esperar.

Via MobileGeeks