OnePlus 5

 

O pessoal do XDA-Developers descobriu que o OnePlus 5 trapaceia em alguns testes de desempenho entre os apps de benchmarks mais populares do mercado.

Entre os citados, temos nomes como AnTuTu, Androbench, Geekbench 4, GFXBench, Quadrant, Nenamark 2 e Vellamo. O smartphone identifica a execução de um software de teste de desempenho, e automaticamente modifica o funcionamento normal do dispositivo.

O OnePlus 5 conta com um processador Qualcomm Snapdragon 835, com CPU dividida em dois blocos de núcleos, com frequência dinâmica. O primeiro bloco soma quatro núcleos de alto desempenho que podem funcionar a até 2.45 GHz, e o segundo bloco tem quatro núcleos que priorizam a eficiência, podendo chegar aos 1.9 GHz.

Os quatro núcleos de baixo consumo só atingem sua frequência máxima em picos específicos, que nunca se mantém de forma permanente. Mas quando o sistema detecta que está ativo um teste de desempenho, eleva ao máximo a frequência da CPU e bloqueia qualquer tipo de redução de frequências por excesso de calor.

Ou seja, o processador trabalha em potência máxima, e o benchmark acaba identificando resultados alterados, com o OnePlus 5 entregando um desempenho multi-core muito superior, comprometendo as temperaturas do sistema ao ponto dos testes que analisam a GPU identificarem temperaturas de até 50 graus para o telefone.

Não é a primeira vez que a OnePlus trapaceia nos testes de benchmark. Eles fizeram o mesmo com o OnePlus 3.

 

Via GSMArena