benchmarks

 

Em 2013, a Samsung se envolveu em polêmicas por supostamente trapacear os benchmarks. Agora, OnePlus e Meizu se encontram no olho do furacão, sob a acusação de fazerem o mesmo.

O OnePlus 3 e 3T foram flagrados na trapaça, cujos sistemas detectavam quando o usuário executava aplicativos de benchmark, acelerando sua CPU para funcionar em modo de alto desempenho contínuo, obtendo resultados melhores que o normal.

Para pegar a trapaça, bastou executar o mesmo programa com o nome alterado, e o comportamento do software foi o mesmo.

A OnePlus se defende afirmando que o sistema existe para oferecer um melhor desempenho em jogos, e seu acionamento em benchmarks foi um erro. Prometem retificar a situação com uma atualização, mas mantendo a aceleração para alguns jogos, reforçando que esta é uma “vantagem” e não uma “trapaça”.

 

 

A Meizu também é acusada de implementar sistemas duvidosos no Meizu Pro 6, que aceleram o funcionamento do smartphone em apps específicos.

A boa notícia é que Samsung e a maioria dos fabricantes aprenderam que tais manobras jogam contra à marca. E esperamos que Meizu e OnePlus deixem de usar essas táticas.

 

Nota do editor: por conta dessas práticas que consideramos desonestas, removemos os testes de benchmark de nossos reviews, já que os mesmos não entregam garantias de corresponderem à realidade técnica dos dispositivos. 

 

Via GSMArena, XDA Developers