oneplus2-ifixit

O pessoal do iFixit publicou o processo de desmontagem do OnePlus 2, mostrando os detalhes das entranhas desse smartphone, que está entre os mais cobiçados de 2015.

Todo o processo pode ser visto no vídeo do final do post, e alguns detalhes são muito interessantes, como a chamativa bateria na cor laranja (que também estava no OnePlus One) e os componentes de sua tela de substituição relativamente cara.

A carcaça traseira é simples de ser retirada depois de removidos os parafusos ocultos por borrachas protetoras. Não é fixada com adesivo e os parafusos dispensam o uso de ferramentas especiais. A bateria de polímero de lítio também é simples de retirar, apesar da OnePlus informar que a mesma é do tipo ‘não removível’.

A câmera também é de fácil remoção para quem tem algum conhecimento sobre o assunto. Já o botão de início e o sensor de digitais são mais complicados. O conjunto da placa-mãe exige a retirada de 18 parafusos, mas não apresenta muitas dificuldades, assim como o seu cabeamento.

A tela requer um pouco de calor para ser retirada da placa, além de estar colada ao digitalizador, o que obriga a troca de todo o conjunto no caso de quebra. Ou seja, é altamente recomendado comprar um bom case e uma película de vidro para manter o OnePlus 2 mais seguro.

Mesmo assim, o OnePlus 2 é mais fácil de ser reparado que o seu antecessor, já que muitos dos seus componentes (incluindo a porta USB-C) são do tipo modular, facilitando e muito a sua substituição. Com isso, a nota final do iFixit é de 7 em 10 (quanto maior, mais fácil de reparar), contra 5 em 10 que o OnePlus One recebeu.

A seguir, o vídeo com o review da desmontagem do iFixit, e o post completo com fotos você encontra nesse link.