Galaxy S8

 

Os últimos meses foram complicados para a Samsung. Um Galaxy Note 7 que naufragou ocupou o tempo dos coreanos, com as baterias como culpadas. E para evitar que o Galaxy S8 apresente esse e outros tipos de falhas, a empresa decidiu não apresentá-lo na Mobile World Congress, local onde os últimos três modelos da linha Galaxy S foram apresentados no passado.

E a pergunta que fica é: o atraso do Galaxy S8 é uma vantagem ou um problema para os seus principais rivais?

A aposta no Samsung Galaxy S8 é muito alta, principalmente para apagar a imagem ruim do Galaxy Note 7, além de reposicionar a marca no topo do mercado. Um design sem bordas e sem curvas, uma possível versão Plus com câmera dupla e um lápis opcional são os rumores mais recentes.

Mas vamos ter que esperar para ver tudo isso.

 

Arrebatar as primeiras vendas do ano

 

A MWC é aguardada por muitos usuários, pois é nesse evento que os smartphones que eles devem comprar até o final do primeiro semestre do ano são apresentados. Lá, LG, Sony, Huawei, Nokia e outras gigantes devem apresentar os seus modelos top de linha. Exceto a Samsung.

Os usuários mais apressados não vão esperar o Galaxy S8, que só deve ser apresentado em abril, e sabe lá Deus quando chegará aos mercados internacionais. Os demais fabricantes devem apresentar seus modelos estrela na MWC, e todo poderão comprovar se podem ou não conquistar o mercado na primeira metade de 2017, algo que não poderemos fazer com o Galaxy S8.

Por fim, se o modelo for mesmo apresentado em abril, a Samsung não terá margem para retocar o produto caso os rivais apresentem algo de realmente inovador. Os coreanos se deram mais um mês de trabalho para não repetir os erros do passado. Eles não querem ter pressa alguma nesse momento. E nem podem.

A Samsung já sabe como será o Galaxy S8. Mas não o veremos na MWC 2017.

 

Vale a pena esperar

 

Se os mais apressados vão optar pelas novidades da MWC, os usuários mais fiéis à Samsung ou os mais indecisos e sem pressa vão esperar pelo Galaxy S8. Afinal de contas, é um modelo muito promissor.

Sem falar no tema foco. Na MWC, temos muitas novidades, onde algumas marcas se antecipam para apresentar suas novidades para obter visibilidade.

Com um evento em separado, a Samsung fará com que só se fale do Galaxy S8 no dia de sua apresentação. A Apple há tempos faz isso, e os coreanos podem apostar na mesma estratégia.

As vantagens e inconvenientes só poderão ser mensurados depois da MWC. Após o anúncio das novidades dos rivais, veremos se a ausência do Galaxy S8 foi ou não sentida.