650_1000_omate-x

Há quem diga que esse é um grande adversário para o Motorola Moto 360. O Omate X será apresentado nos próximos dias, e chega com a promessa de ser o melhor parceiro para o nosso smartphone Android.

A Omate é uma empresa que nasceu na Kickstarter no ano passado, quando eles apresentaram o seu primeiro dispositivo, o Omate TruSmart, que era um relógio com Android e conexão de dados 3G independente. Porém, dessa vez, eles apostam em uma proposta premium, mas que sacrifica a conexão de dados (segundo eles, o usuário ainda prioriza o design, e não se incomoda que o relógio dependa do smartphone).

O Omate X vai se centrar nas notificações, com a ajuda de um sistema operacional próprio, o Nucleus, que é compatível com os sistemas Android (4.3 ou superior) e iOS (6 ou superior). Seu design é elegante e vistoso, apostando no alumínio no acabamento e especificações técnicas atraentes.

650_1000_omate-x-metal

Temos aqui uma tela curva montada sobre um painel TFT touch de 1.54 polegadas (240 x 240 pixels), processador MediaTek MT2502A, com 128 MB de RAM e bateria de 400 mAh, com autonomia prometida para até 7 dias em standby.

O Omate X seconecta ao nosso smartphone via Bluetooth 4.0, que faz com que o relógio receba notificações, chamadas, mensagens, controle o player musical, entre outros recursos. Além disso, é possível operar o smartphone e algumas funções do relógio através do comando de voz, inclusive com recurso de mãos livres para chamadas.

Se tudo isso é pouco para você, saiba que é possível instalar aplicativos dedicados para coletar informações de sua atividade física, além de contar com acelerômetro, giroscópio e podômetro.

smartwatch-omate-x

O Omate X estará disponível (lá fora) a partir do dia 1 de setembro, com os primeiros envios previstos para o mês de outubro. Seu preço é de US$ 129 (para quem apoiou o primeiro relógio no ano passado no Kickstarter, o preço será de US$ 99).

Te cuida, Moto 360.

650_1000_omate-x-negro

Via Omate