oculus-rift-teardown-ifixit

Um produto chegando ao mercado é sinônimo de desmontagem nos laboratórios do iFixit, e com o Oculus Rift isso não seria diferente.

Ainda que não seja tão acessível como a sua versão para desenvolvedores, o modelo final vai permitir acessar o mais profundo de suas entranhas com relativa facilidade. É destacado na análise do iFixit como á fácil remover os auriculares, uma peça sensível que pode se quebrar no futuro em casos de pancadas ou quedas.

Outra novidade é que é que eles deixaram de usar uma única tela para utilizar duas. Desta forma, cada tela está situada diante de cada lente, permitindo um movimento horizontal das duas para ajustar a distância interpupilar de cada pessoa. As lentes também são diferentes daquelas presentes no modelo para desenvolvedores, já que agora são assimétricas e apresentam anéis concêntricos que melhoram o ângulo de visão sem afetar o foco em curta distância.

Esse processo de desmontagem do iFixIt também servem como uma excelente aula prática, para que todos aprendam como é o efetivo funcionamento desses óculos de realidade virtual. Logo, vale a pena ver o slideshow a seguir para comprovar como a Oculus Rift fez um excelente trabalho com o seu dispositivo.

 

Via iFixit