microsoft-windows-phone

A IDC publicou uma nova edição do seu relatório trimestral “Worldwide Quaterly Mobile Phone Tracker”, que conclui que o Windows Phone vai encerrar o ano de 2015 com 2.2% de cota de mercado, e prevê que em 2019 essa porcentagem (representada pelo Windows 10 Mobile) será de apenas 2.3%.

No relatório, eles explicam que “apesar de todos os esforços empregados pela Microsoft no lançamento do Windows 10, a IDC não espera que a cota de mercado da empresa nos sistemas operacionais móveis cresça nos próximos anos”, em um cenário nada promissor para o ambicioso projeto da gigante de Redmond.

Nem mesmo a redução do preço médio dos smartphones com Windows vai ajudar. O preço desses modelos em 2015 é, em média, de US$ 148, ou seja, US$ 71 mais barato que os dispositivos Android (US$ 219). O estudo indica que o número de smartphones distribuídos em 2015 vai crescer, mas pela primeira vez ficará abaixo de dois dígitos, e esse número ficará em torno de 9.8%. Em 2019, o crescimento deve ser de apenas 4.7%, e dos quase 2 bilhões de smartphones vendidos, muito poucos chegarão com Windows 10 Mobile, mesmo com todas as vantagens que a Microsoft afirma oferecer com a sua nova plataforma.

Via The Register