windows-10-logo

O tema é muito polêmico e gera algum barulho por onde passa. Já vimos ao longo da internet casos onde alguns usuários chegam a garantir que o Windows 10 foi instalado sozinho, e que o fenômeno continua. Misteriosamente.

A primeira coisa que é preciso deixar claro é que é mais que evidente que a Microsoft está promovendo ativamente o Windows 10, na tentativa de motivar os usuários que ainda estão em dúvidas sobre a atualização. E faz isso de forma que muitos podem não gostar, mesmo que a oferta inicialmente seja algo benéfica para o usuário: afinal, é um novo sistema operacional, e de graça. O que pode dar errado?

 

Windows 10 sem sua autorização? O erro pode ser você!

Porém, ninguém é obrigado a atualizar, muito menos ter o novo sistema instalado automaticamente no computador sem o seu consentimento. Por outro lado, se você cometer algum erro básico no uso do seu equipamento (algo que, convenhamos, não é nada impossível), a atualização pode acontecer, e aí isso não é culpa da Microsoft, e sim sua, por ter se equivocado.

A ideia é simples, e nos lembra por exemplo quando instalamos uma atualização por engano ou por não prestar a devida atenção, mas é de nossa responsabilidade. Toda essa história do “o Windows 10 instalou sozinho” não só é pouco crível, como também os argumentos que o sustentam são muito débeis.

Um exemplo é o texto publicado pelo site Rock Paper Shotgun: “se você tem atualizações configuradas como o padrão, deixa o computador ligado e vai dar uma volta com o seu cachorro, é possível que você volte e encontre o Windows 10 em fase de instalação”. Sério mesmo?

Um usuário normal, com o mínimo de senso comum, não terá problemas para passar para o Windows 10, isso é, se assim ele desejar. Outra coisa bem diferente é quando esse mesmo usuário se coloque em situações que indicam um desleixo e/ou erros próprios do usuário. Nesse caso, culpar a Microsoft não faz o menor sentido.

Via HardOCP