spinner

Os spinners geram controvérsia pelo uso em locais inadequados, mas são verdadeiros fenômenos de venda… a ponto de ressuscitarem o Cubo de Rubik, ou Cubo Mágico.

Fique sabendo que o spinner em si é mais velho do que você imagina, com mais de duas décadas de vida, criado pela inventora Catherine Hettinger. Mas só agora faz sucesso entre crianças e adolescentes, e não sabemos quando vai cair em desuso. Mas até lá…

No seu início, o spinner tinha como objetivo ajudar crianças com transtorno por défcit de atenção e hiperatividade (TDAH), e o brinquedo combate o estresse. Mas… o que ele tem de especial é o seu grau de adesão, que chega ao nível do ioiô e o Cubo de Rubik para outras gerações.

E, diferente do que você pensa, esses brinquedos não desapareceram. Dados confirmam que, desde a chegada do spinner, aumentaram as vendas de outros brinquedos manuais.

 

 

A Amazon registrou um aumento nas vendas dos brinquedos manuais do passado nos seis primeiros meses de 2017, que foi quando o spinner se tornou mais popular. O número nas vendas é aproximadamente 25% maior do que o mesmo período do ano anterior.

A Toys “R” Us também confirma o aumento das vendas do Cubo de Rubik, do ioiô e outros brinquedos que mantém as mãos ocupadas, e que seguem em vendas nas últimas décadas. Isso fez que que esses brinquedos do passado voltassem para as prateleiras das lojas.

Um fenômeno realmente interessante.