Facebook

 

Em 4 de fevereiro de 2004, Mark Zuckerberg lançou o Facebook, que se tornou uma rede social gigante que poucos ignoram, com uma força financeira cada vez maior.

Os números mais recentes da empresa mostra não apenas a boa saúde do Facebook, mas também dos demais serviços vinculados à ele (WhatsApp, Instagram, Facebook Messenger), com crescimento vertiginoso.

 

Let’s Talk About Money

 

 

O Facebook (como empresa) registrou receitas brutas de US$ 8.81 bilhões no último trimestre, e a divisão de serviços recuperou a primeira posição perdida para a Apple.

Os lucros foram de US$ 3.56 bilhões, registrando um crescimento de 177% em relação ao trimestre anterior (US$ 2.37 bilhões) e de 51% em relação ao mesmo período de 2015.

Em 2016, o Facebook registrou US$ 27.6 bilhões em receitas, e a projeção para 2017 é de nada menos que US$ 36 bilhões.

Nem precisa dizer que as ações cresceram: 2.52% de aumento (US$ 136,69 por ação). Mas isso não é relevante: no dia anterior estava em US$ 133,23. Mesmo assim, é um reflexo do bom momento do Facebook e de suas empresas adjuntas.

 

 

Let’s Talk About People

 

 

Segundo a Dice InternetLiveStats, temos hoje 3.6 bilhões de usuários de internet em todo o planeta. Desses, 50% possuem uma conta no Facebook.

No mundo mobile, o número é igualmente maior. São 1.22 bilhão de usuários ativos do Facebook (que acessam a rede pelo menos uma vez por mês) e 1.74 bilhão de usuários que consultam o Facebook a partir do seu smartphone. Foram 100 milhões a mais no último trimestre, onde falamos de 1.66 bilhão de usuários móveis da rede social.

O Messenger já tem mais de 1 bilhão de usuários, marca que o WhatsApp alcançou um ano antes (e hoje tem 1.2 bilhão de usuários). O Instagram possui 600 milhões de usuários, sendo 400 milhões os que acessam diariamente o serviço.

E, apesar do Instagram Stories ser pior do que ainda é hoje o Snapchat, pelo menos 150 milhões de usuários do Instagram publicam algum tipo de conteúdo no Stories todos os dias. E em fevereiro de 2016 eram 160 milhões de usuários do Snapchat. O recurso do Instagram estreou em agosto de 2016, enquanto que o Snapchat nasceu em 2011.

Faça as contas.

 

Let’s Talk About Video

 

 

Agora, resta saber quais serão os resultados futuros para a realidade virtual com a chegada de Hugo Barra.

Mas antes, as videochamadas e o Facebook Messenger. O aumento dos usuários nesse sentido foi de 33%, saindo de 300 milhões em setembro de 2016 para 400 milhões de agora utilizando esta funcionalidade.

O WhatsApp alcança os 100 milhões de chamadas de áudio diárias desde o lançamento do recurso em junho.

E tudo isso coloca Mark Zuckerberg como o rei do mundo mobile. Tudo o que ele toca vira ouro.

E o próximo passo deve mesmo ser a inteligência artificial e os assistentes pessoais.

 

Concorrência, tremei!