Nessa semana, a Razer apresentou na CES 2013 a sua proposta de tablet dedicado para games, o Razer Edge. Hoje, temos mais detalhes (e oficiais) para contar para vocês sobre o produto, que chega com a credencial (segundo a Razer) de ser “o tablet mais poderoso do mundo”, e capaz de executar qualquer jogo de PC ou aplicativo.

Segundo a Razer, a ideia é oferecer o Edge na América do Norte e leste da Ásia ainda no começo de 2013. O Razer Edge é o resultado final do Project Fiona, e foi apresentado pela primeira vez na CES do ano passado, em janeiro de 2012. O produto recebeu vários prêmios no ano passado, como o Best of CES 2012 (CNET), além de prêmios nas revistas Stuff, IGN e Laptop. A ideia da Razer era criar a melhor experiência possível para jogos portáteis, usando o melhor do PC com Windows 8 e as melhores características de um dispositivo móvel.

Um dos diferenciais do projeto do Razer Edge é que ele contou com a participação dos gamers de PC no seu desenvolvimento, além da captação de recursos de crowdsourcing da Razer. A empresa consultou os gamers, que determinaram quais seriam as especificações do tablet, incluindo o chipset, peso, espessura, características técnicas e físicas, e até mesmo preço médio do Edge teve a sugestão da comunidade gamer. Tudo isso poderia ser feito através das páginas nas mídias sociais da Razer.

O resultado dessa pesquisa se converte em um tablet muito potente, combinando toda a potência dos processadores Intel Core de terceira geração com os aceleradores gráficos NVIDIA GeForce. E tudo isso para gerenciar o sistema Windows 8 instalado no equipamento.

Dois modelos foram anunciados em Las Vegas. O Razer Edge padrão, e o Razer Edge Pro. O modelo base possui um processador Intel Core i5, GPU NVIDIA GT640M, 4 GB de RAM DDR3 e SSD de 64 GB. Já o Razer Edge Pro vem com um processador Intel Core i7, GPU NVIDIA GT640M, 8 GB de RAM DDR3 e SSD de 128 ou 256 GB. Os dois modelos estarão disponíveis na América do Norte e leste da Ásia já no primeiro trimestre de 2013, com preços iniciais sugeridos de US$ 999.

O modelo Razer Edge Pro estará disponível também em uma versão que acompanha um controle Gamepad, nas duas versões (128 e 256 GB). Os modelos Pro ainda incluem uma porta USB 3.0 e suporte Bluetooth 4.0. Os novos tablets Edge oferecem quatro modos de configuração dedicada, para uma maior versatilidade de uso: modo Tablet, modo Keyboard Dock, modo Gamepad Controller e modo Docking Station.

Esses modos trabalham de acordo com o acessório ou periférico conectado ao produto. O modo Tablet oferece ao Razer Edge uma capacidade multitouch para qualquer aplicativo do Windows 8. Já o modo Keyboard Dock (utilizado junto com um teclado vendido separadamente) oferece uma experiência de laptop ao tablet, permitindo o uso com teclado e mouse, além de um suporte para bateria removível.

O modo Gamepad Controller transforma o Razer Edge em um console portátil, disponibilizando uma interface dupla de controle, com analógicos e botões programáveis. Nesse modo (e no modo Keyboard Dock), você pode instalar uma bateria extra para duplicar a autonomia de uso do produto.

O Docking Station pode ser conectado ao tablet, e oferece fonte de recarga com três portas USB 2.0, porta HDMI 1.4, saída de áudio estéreo e outros recursos típicos de um desktop. Com esse dock, os usuários podem conectar o Razer Edge em um monitor, oferecendo uma experiência de games ainda mais completa.

Para mais informações sobre o produto, acesse: RazerZone.com/EdgePro