flow_endframe

18 horas de ‘um dia típico’ de uso. Foi isso o que Tim Cook disse no evento de ontem (9) sobre a autonomia de bateria do Apple Watch. Mas… o que quer dizer isso? O que podemos esperar do relógio nessas 18 horas?

Segue a resposta da Apple:

90 verificações de horas, 90 notificações, 45 minutos de utilização de aplicativos e um treinamento de 30 minutos com reprodução de música via Bluetooth.

Isso dá uma ideia melhor das possibilidades do relógio? Como a Apple não é boba, eles indicam que a duração final da bateria vai depender do tipo de uso, configurações e vários outros fatores que podem fazer com que os resultados variem.

Mas eles não param por aqui. Na página oficial da Apple, eles indicam os testes de autonomia realizados com os protótipos do Apple Watch, de modo que os resultados reais também podem variar em função disso.

A Apple realizou testes de autonomia do Apple Watch em março de 2015 com os protótipos do relógio e o seu software conectados a um iPhone com um protótipo do software. A autonomia depende do uso, das configurações e outros fatores diversos.

Baseando-se sempre nessa condição, realizar uma chamada e permanecer nela o tempo todo só fará com que o smartwatch aguente três horas de uso, enquanto que se usarmos o relógio apenas para consultar as horas, é possível fazer com que o relógio funcione por até 72 horas (ou quatro comprovações a cada hora, durante quatro segundos, e mais nada). Sem o modo de economia e olhando as horas cinco vezes no lugar de quatro a cada hora, a duração da bateria cai para até 48 horas.

watch-trasera-foto

A reprodução de áudio contínua faz com que o relógio aguente por seis horas e meia, uma seção de treinamento com o sensor de frequência cardíaca ativado pode durar por até 7 horas, e sobre os tempos de carga (calculados em base nas recargas de 0% a 80% e de 0% a 100%, utilizando o carregador indutivo MagSafe), falam de uma hora e meia para carregar até 80% e duas horas e meia para alcançar os 100%.

O teste final ficará por conta do consumidor, que vai passar as suas impressões práticas sobre o produto. Até lá, a pergunta que fica é muito simples: você está pensando em comprar um Apple Watch?

Via Apple