650_1000_modernist-video

Muitos criticam o formato MP3 pela perda de qualidade sonora que pode ocorrer em determinadas situações onde não se tem um cuidado especial com a qualidade de compressão. Mas isso não é uma regra. A perda desses dados considerados irrelevantes para o ouvido humano é compensada pelo menor espaço ocupado no armazenamento. Mas… o que acontece com esses dados que se perdem na compressão?

O moDernisT tem a resposta. O vídeo desse post foi criado usando os dados perdidos na conversão de um arquivo de áudio original para o formato MP3. A base utilizada é a música ‘Tom’s Dinner’, da cantora Suzanne Vega, e a escolha tem um ponto simbólico: foi a música referência para ser utilizada nos primeiros testes do desenvolvimento do formato MP3.

Ryan Maguire, o criador da obra multimídia, é um estudante do curso de composição da Universidade de Virgínia. O projeto também inclui o ‘vídeo perdido’, que foi elaborado a partir dos dados perdidos após a conversão do MP3, adicionando uma faixa de áudio idêntica, mas no formato MP3.

A música obtida pelas sobras mantém a forma da canção original, mas como você mesmo poderá comprovar, elas não soam iguais.

Se você está curioso para saber a diferença, a seguir, o vídeo e a música original.