mwc-2016-logo

Todos os anos, o mês de fevereiro é importante para os fãs de tecnologia. Os olhos do mundo se voltam para Barcelona (Espanha), em prol do maior encontro de mobilidade do planeta, a Mobile World Congress (MWC). Muitos fabricantes estarão presentes, anunciando alguns dos melhores smartphones, acessórios e tecnologias de 2016.

Vamos acompanhar tudo o que vai acontecer por lá, mostrando os principais destaques e lançamentos. E esse post faz uma compilação de tudo o que podemos esperar na MWC 2016, que tem tudo para ser uma das mais importantes dos últimos anos.

 

LG e Samsung com os seus novos tops de linha

galaxy-s7-galaxy-s7-edge

A MWC 2016 terá dois grandes protagonistas. A Samsung vai realizar mais uma edição do Unpacked em Barcelona, e a LG vai bater de frente com eles. É o “poder coreano” em terras espanholas.

A Samsung vai apresentar todos os detalhes do Samsung Galaxy S7 e de sua variante, o Galaxy S7 Edge. O que sabemos até agora sobre os dois modelos é algo muito promissor, e ambos podem ser modelos referência para 2016, tal como o Galaxy S6 fez em 2015.

É preciso ficar atento para ver como a Samsung vai articular a sua estratégia com a realidade virtual, especialmente no que se refere a um possível acessório em forma de câmera e o papel que os óculos VR teriam nesse lançamento. Um acessório de série a ser vendido com os novos smartphones? Quem sabe…

Já a LG abandona a estratégia de anúncios menores das edições anteriores da MWC para bater de frente com a Samsung entre os tops de linha. No mesmo dia 21 de fevereiro, o LG G5 será apresentado, apresentando mudanças de design e concepção da tela. Igualmente muito esperado.

 

A linha média premium e a realidade virtual

valve-htc-vive

Não lançar um top de linha não quer dizer que a MWC não tem muita importância para um determinado fabricante. A Huawei, protagonista de 2015 com a linha Nexus, deve apresentar o seu novo HTC One P9, modelo top de linha que não é um phablet. Já é um clássico do evento espanhol, com destaque especial para o design, a baixa espessura e a ótima tela.

A Alcatel deve mostrar detalhes do sucessor do Alcatel Idol4, que manterá a tela de 4.7 polegadas (720p), deixando melhorias nesse aspecto para a versão 4s, que deve ter uma tela de 5.5 polegadas (QuadHD), ambos com preços de linha média.

A Sony não deve apresentar um novo top de linha, ainda mais com o Xperia Z5 recém lançado. É provável que eles apresentem o novo Xperia Z Tablet, que está defasado, além de novos modelos de linha média, como o Xperia C6, modelo muito atraente com sua tela quase sem bordas.

A Motorola/Lenovo deve apresentar na MWC 2016 novidades como um novo Moto E ou um smartphone Lenovo de linha média. Já fabricantes como ZTE, Oppo, Xiaomi e Meizu devem apresentar novidades que chamam a atenção dos seus mercados de maior interesse, sem falar na BQ que traz o primeiro tablet com Ubuntu (em colaboração com a Canonical) e o lançamento do Aquaris X5 Plus.

bq-tablet-com-ubuntu

Alguns desses fabricantes terão muito a dizer na MWC 2016 no campo dos wearables. A HTC tem muito interesse na Europa, e deve dar detalhes sobre o seu kit HealthBox, e não podemos nos esquecer do seu kit de realidade virtual (HTC Vive), que é mais promissor por conta da parceria com a Valve.

A dupla Motorola/Lenovo também pode apresentar novidades associadas à quantificação e os relógios avançados. A Sony também deve renovar o seu smartwatch, com a quarta geração do dispositivo, além de poder dividir a sua linha em modelos mais próximos da moda e outros completamente esportivos, mas mantendo o seu Smartwatch 3 no mercado.

 

Chegou a hora do Windows 10 Mobile e da Microsoft

microsoft-lumia-650-oficial-01

A Microsoft tem nesta edição da MWC uma missão muito importante: colocar o Windows 10 Mobile para dar a cara pra bater!

É o momento de mostrar do que o novo sistema operacional é capaz de fazer nos seus modelos top de linha que já estão no mercado, principalmente no relacionado com a convergência smartphone-desktop. Não são esperadas surpresas no que se refere a novos lançamentos de produtos (se bem que seria o momento perfeito para lançar o Surface Phone), de modo que provavelmente vamos ter que nos conformar com as primeiras impressões do Lumia 650, um dos últimos a receber a denominação Lumia.

Além disso, podemos ver os parceiros da Microsoft renovando suas alianças com o Windows 10 Mobile nas ruas. HTC e Acer são os melhores posicionados na tarefa de dar um impulso alternativo ao sistema operacional de Redmond.

 

MicroUSB Type C e Internet das Coisas

internet-das-coisas

A MWC sempre foi sinônimo de acessórios. E em 2016, eles podem ser mais abundantes com a chegada da conexão microUSB Type C.

Se hoje apenas o Nexus 6P e o Lumia 950 XL contam com esse tipo de conexão, os novos lançamentos devem incluir essa porta como padrão, com todas as vantagens de reversibilidade ou velocidade que muitos esperam ter no seu smartphone um dia.

Na parte de conectividade, a MWC de novo deve falar muito sobre a Internet das Coisas e os objetos conectados, onde a conectividade 5G será algo essencial. Aqui, entram em jogo tanto os fabricantes 100% pensados na conectividade como as operadoras de telefonia e empresas terceiras, como fabricantes de eletrodomésticos e fabricantes de automóveis.

Fiquemos de olho também na guerra dos fabricantes de processadores. A Samsung pode incluir no seu futuro Galaxy S7 os chips da Qualcomm, além dos seus processadores. A guerra entre o Exynos e o Snadragon recebe a participação da Huawei com os chips Kirin, que deram um grande salto de qualidade na sua última geração.

Em alguns dias, compartilharemos com vocês o que acontecer de mais interessante na MWC 2016, em detalhes.