Google-Play-Store

Lançado em 6 de março de 2012, o Google Play Store é a loja oficial de apps para smartphones e tablets com sistema operacional Android. Através da loja, os usuários podem fazer o download e instalar mais de 1,9 milhão de apps, sendo a maioria deles gratuitos e a outra quantidade, pagos. Além dos apps, o Google Play Store também serve como uma loja de mídia digital, oferecendo músicas, revistas, livros, filmes e programas de televisão.

 

Play Store Loja oficial para dispositivos Android

Por via de regra, praticamente todos os aparelhos com o sistema Android já vem com o Google Play Store instalado. Isso porque a loja oficial de apps do Google é o ponto de partida para você começar a otimizar o seu aparelho com diversos aplicativos e jogos disponíveis. Por exemplo, se você ainda não possui o Facebook, Instagram ou Whatsapp instalados, pode fazer isso baixando o arquivo diretamente do seu Play Store.

Em seu Smartphone ao clicar no ícone do Play Store (exemplo ao lado), o que se vê de início é um catálogo de produtos distribuídos em alguns destaques recentes e categorias diversas de apps e jogos. Nas categorias de apps, é possível procurar exemplos de programas desenvolvidos relacionados a temas diversos como esportes, fotografia, ferramentas, produtividade, redes sociais e assim por diante. Os jogos também são divididos de acordo com a categorias: quebra-cabeça, arcade, cartas, estratégia, luta, corridas… as opções parecem infinitas!

new-google-play-store-04

No entanto, se você não possui um aparelho otimizado com diversas funções e, por exemplo, não possui sensor de movimento no seu dispositivo, é possível que alguns apps não apareçam na sua lista de busca. Isso porque o Play Store filtra a lista de aplicativos de acordo com aqueles compatíveis com o dispositivo do usuário. Além disso, os usuários podem enfrentar mais restrições à busca por apps. Se um desenvolvedor, por exemplo, decidir que não quer deixar o jogo ou aplicativo disponível para download em determinado país, nenhum usuário daquele local poderá baixar o app, que nem aparecerá na lista de busca.

Em novembro de 2014, desenvolvedores de 61 países já estavam aptos a distribuir apps pagos na plataforma. Para fazer isso, cada desenvolvedor deve pagar a quantia de 25 dólares, que é classificada como taxa de registro. Esse valor é cobrado pela loja como justificativa de aumentar a qualidade dos produtos distribuídos no Google Play Store. Veja bem: uma vez que você deve pagar para se inscrever, a tendência é que esteja distribuindo algo que realmente acredite ser um bom produto.

O Google Play permite que os desenvolvedores liberem as primeiras versões de aplicativos a um grupo selecionado de usuários, como versões alfa e beta de testes. Isso ajuda o desenvolvedor a corrigir eventuais problemas e defeitos antes do app ser amplamente divulgado. A loja também permite aos desenvolvedores lançar updates em etapas, primeiro para um subconjunto de usuários e então progressivamente para grandes porções da base de dados.

Assim que fazem o registro e lançam seus produtos, os desenvolvedores podem controlar, como já dito, quais países terão acesso, bem como o preço do aplicativo em cada um desses lugares. Assim que concretizada uma venda, os desenvolvedores recebem 70% do preço final, enquanto os 30% restantes ficam com o Google Play e ajudam a pagar as taxas de operação.

Ou seja, com o Google Play Store todo mundo sai ganhando: desde o desenvolvedor que tem a oportunidade de vender seu produto com milhões de pessoas mundo afora, até o usuário que pode escolher entre os mais de 1,6 milhão de apps.

Se você curtiu a idea e ainda não tem a loja instalada em seu dispositivo não se preocupe, confira no baixarstore.com.br os melhores tutoriais para baixar Play Store para celular e tablets Android. Vale à pena perder um bom tempo na loja oficial de apps do Google para deixar o seu Android ainda mais turbinado!