OneDrive

Por conta do abuso de alguns usuários, a Microsoft decidiu acabar com os planos ilimitados no OneDrive e reduzir o espaço nos planos gratuitos. Medida nada agradável e que, ao que parece, não tem volta.

Agora, muitos usuários estão em dúvida sobre o que vai acontecer com os seus arquivos se eles excederem os novos limites estabelecidos pela Microsoft para o OneDrive. A boa notícia é que não há nada a temer, já que existe uma grande margem de tempo para que os usuários recuperem os seus dados sem problemas.

Assim, de forma reduzida e simples, este será o cronograma que a Microsoft vai seguir a partir de 2016, quando as mudanças entrarem em vigor:

– A Microsoft vai enviar notificações avisando que você tem um prazo de 90 dias antes que a conta passe a ser de “apenas leitura”.
– Passados 90 dias, ainda restarão 9 meses para que a conta seja fechada de vez, onde ainda é possível visualizar e baixar os arquivos, mas não mais enviá-los ao OneDrive.
– Uma vez passado o primeiro ano sem que o usuário tome medidas, os arquivos poderão ser apagados em definitivo.

O processo de aviso está bem estruturado, e os prazos são mais que suficientes, de modo que os usuários afetados que excederem os novos limites não deverão ter problemas para mover seus arquivos. Exceto em casos extremos.