wwdc-01

A WWDC 2014 começou, com a tradicional palestra inaugural com os manda-chuvas da Apple. Porém, nem tudo o que muitos queriam ouvir foi dito, e chegou a hora de revisar tudo aquilo que poderia ser e não foi apresentado no evento de ontem (02). Ok, bem sabemos que muitas possibilidades eram bem remotas (e foram até dadas como muito difíceis de serem apresentadas aqui mesmo no blog). Mesmo assim, fazemos o registro, apenas pelo exercício de possibilidades a serem exploradas.

Ausências de Hardware

wwdc-02

iWatch

Mesmo sabendo que as chances eram mínimas, para muitos, não ter um iWatch foi uma decepção. Nem mesmo uma pulseira quantificadora. Porém, os diretores da Apple reafirmam que novos produtos aparecerão ainda em 2014. Quem sabe na apresentação do iPhone 6 em setembro?

wwdc-04

MacBook Air com tela Retina

Muitos se questionavam se teríamos ou não uma nova versão do MacBook Air. Por um lado, a tela Retina é o que falta para esse modelo ser o ultrabook definitivo. Por outro, um Air com tela Retina poderia canibalizar o mercado do MacBook Pro Retina. A discreta atualização poucos dias antes do keynote de ontem foi a única.

Novo Mac Mini

De todos os computadores da Apple, o Mac Mini é o que mais tempo está sem receber novas versões. Só por isso – e porque o Mini é o favorito de muitos -, merecia uma atualização, com processadores melhores, mais potência e um formato menor. Mas pelo menos por enquanto, é apenas um sonho.

wwdc-05

Apple TV

Cada vez mais esquecido pela empresa, por não ser um mercado prioritário para eles. O ciclo de atualizações do Apple TV sempre foi lento, e pelo visto, não vai mudar tão cedo.

Ausências de Software

wwdc-06

Mapas

Não que esse não tenha recebido melhorias. O que acontece é que essas melhorias se limitaram quase que exclusivamente à China. É um mercado importante para a Apple, ok… mas… e o resto do mundo? Não está a altura? Desse jeito, o Google Mapas nem precisa fazer muito esforço para ser o dominante.

wwdc-03

Música

Depois de todo o barulho feito pela compra da Beats por parte da Apple, a parte musical quase passou desapercebida na abertura da WWDC 2014. Nem iTunes Radio, nem Beats Music foram alvos de mudanças.

iPad com tela dividida

A multitarefa que a Apple apresentou na sua nova plataforma Continuity é realmente algo que chama a atenção, mas a função de executar dois aplicativos na tela dividida segue sendo algo ignorado. Ou a Apple encontrou uma solução que seja satisfatória, ou simplesmente não considera tal recurso algo útil ao grande público.

Usuários múltiplos

Uma das funções mais badaladas do Android é a possibilidade de vários usuários iniciarem seções diferentes em um único dispositivo. E isso segue de fora no iPad. Pais com um único tablet seguem condenados a compartilhar a sua intimidade, e o iPad segue em risco quando nas mãos de nossos filhos. Ou seja, só nos resta seguir fazendo cópias de segurança diárias de nossos dados.