650_1000_boogio

Quando a Microsoft nos apresentou o Kinect há cinco anos, o fez com a premissa que o nosso corpo seria o controle dos jogos. O tempo mostrou que essa foi uma verdade: as extremidades do corpo poderiam ser utilizadas para controlar os jogos. Agora, a Reflex quer colocar essa ideia em uma proporção mais modesta, mas ainda assim, muito interessante.

O Boogio é composto por um par de sensores que se acoplam ao seu tênis, que são capazes de calcular até 60 mil níveis de pressão, e o movimento que fazemos em três dimensões. O objetivo? Ser um sistema de controle para videogames, entre outras atividades.

Pense por exemplo em um jogo onde você precisa correr. No lugar de mover um stick ou pressionar um botão, você se move para obter a ação na tela. Isso seria genial para, por exemplo, aplicativos móveis que usam dados de distâncias percorridas para avançar em um determinado jogo.

Outro ponto interessante é utilizar os sensores 3D para detectar o movimento das pernas, e em função de como o fazemos, o personagem se move de um lado para outro. Nos jogos de carros o sistema também pode ser útil, já que os pés podem emular a aceleração e a freada durante a condução do veículo.

O Boogio ainda está em estágio de desenvolvimento pela Reflex, mas já há conversas com desenvolvedores independentes de jogos, para que testem o seus sensores e comecem a criar soluções. A ideia é começar de baixo, antes de tentar convencer os grandes. Ainda mais quando não há o respaldo de uma grande empresa.

É possível reservar uma versão alpha do Boogio, caso você seja um desenvolvedor. A versão beta deve estar disponível em 2015, com a versão final com lançamento previsto para o final de 2015 ou começo de 2016, dependendo da velocidade do desenvolvimento do acessório. Outro uso interessante do produto será a sua atuação como ferramenta quantificadora.

Via Polygon