pono-01

Neil Young é uma lenda. E agora, do Kickstarter. Ele bateu todos os recordes de arrecadação no site de financiamentos com o seu player de música portátil, o Pono Player. Goram nada menos que US$ 6.2 milhões arrecadados (e o seu objetivo inicial eram meros US$ 800 mil).

Fato é que, contrariando a lógica, Young está com uma pilha de dinheiro nas mãos por conta do dispositivo. Eu digo “contrariando a lógica” porque a empresa fundada para fabricar o Pono Player nem sequer publicou as especificações completas do dispositivo. Que, é sempre bom lembrar, é um player musical, um produto que não tem hoje a mesma popularidade do passado.

A única promessa que empolgou as 18.220 a gastarem (muito) dinheiro nas doações é ter em suas mãos um player musical que oferece supostamente a mesma qualidade de som de um estúdio de gravação, com um formato de áudio proprietário que faz com que não se perda nenhuma matiz derivada da compressão dos arquivos.

pono-02

Porém, não sabemos se essa promessa será cumprida ou não. As primeiras unidades do Pono Player chegarão ao mercado em agosto. Sua comercialização definitiva começa a partir de outubro, com um preço sugerido de aproximadamente US$ 400.

Por enquanto, Young segue vendendo versões autografadas em laser por artistas e bandas como Elton John, The Eagles, Metallica e Arcade Fire. Esses dispositivos virão com as canções desses artistas pré-carregadas. Também estão a venda entradas para jantares VIP que incluirão audições exclusivas do dispositivo, por US$ 5 mil a entrada.

Parece que Young, além da música, se deu muito bem também no quesito marketing.

Via Kickstarter, Ars Technica