650_1000_pharrell

Os artistas não estão contentes com os valores pagos pelos serviços de streaming de música (Spotify, Pandora, etc). Esse foi um dos motivos para que Taylor Swift e outros abandonassem o formato, e o próximo pode ser Pharrell Williams.

Pharrell enviou um e-mail para os responsáveis da sua gravadora, e apesar da sua música ‘Happy’ ser reproduzida mais de 43 milhões de vezes no Pandora, ele só recebeu US$ 2.7 mil pelo feito. O cantor John Legend teve sua música ‘All Of Me’ reproduzida na plataforma por 55 milhões de vezes, e só recebeu US$ 3.4 mil.

A Sony/ATV considera essa uma ‘situação totalmente inaceitável’, em resposta ao e-mail de Pharrell, e reclama que um milhão de reproduções por streaming equivale a apenas US$ 60 em direitos autorais divididos entre artistas e gravadoras. Não só o Pandora é o alvo das críticas: apesar da cota de mercado do Spotify seguir crescendo, o lucro dos artistas não recebe um aumento similar.

A Sony afirma que sua principal prioridade é mudar a forma que essa remuneração acontece (que depende das vendas dos próprios serviços), e não vai descansar ate que o sistema seja reformulado. Por enquanto, não sabemos o que isso pode significar (inclusive a saída de alguns dos seus artistas dos catálogos do Pandora ou Spotify), mas tudo é possível.

Via Fusion