ouya

O OUYA, esse pequeno console Android que chamou a atenção de todos, fez sucesso no crowdfunding. Mas depois de chegar ao mercado, se transformou em uma grande decepção, e fonte de problemas para a empresa, que agora busca um comprador para resolver os seus problemas financeiros.

Em um comunicado vazado onde Julie Uhrman (CEO do OUYA) enviou para os seus investidores e conselheiros, a empresa revela uma necessidade urgente de encontrar um comprador, já que os últimos movimentos na China e as reestruturações não fizeram com que a empresa saldasse suas dívidas.

Recentemente a OUYA recebeu um investimento do Alibaba de US$ 10 milhões. Dois anos depois, recebeu mais US$ 15 milhões em uma rodada de investimentos. A prioridade atual é recuperar a maior parte do capital dos investidores.

Uhrman explica que sua empresa segue tendo valor de mercado acima da concorrência direta, principalmente por conta da sua marca. Opina que eles criaram um produto real, com mais de 1.000 aplicativos (a maior biblioteca Android adaptada para a TV – maior que a Amazon) e 40 mil desenvolvedores ativos.

Lançada em 2012 e com vários clones no mercado (especialmente chineses), o OUYA recebeu destaque pelo seu design, conceito e preço. O principal problema do produto é, nesse momento, não só de ter que disputar terreno com os fabricantes chineses, mas também com os gigantes do mercado que fizeram algo parecido (Razer, NVIDIA, Amazon e Google).

Via Fortune