Você se lembra do tempo em que qualquer computador vendido com Linux era mais barato que o mesmo modelo com Windows? Pois é, parece que esse tempo acabou. A Dell prometeu que estava desenvolvendo um notebook com sistema operacional Linux Ubuntu, e cumpriu a promessa, com a nova versão do seu já potente XPS 13. O modelo é perfeito para desenvolvedores e amantes do software livre. Só que tem um pequeno detalhe: ele é mais caro que o mesmo modelo com Windows 8.

Os números são frios, e não mentem jamais. O notebook anunciado hoje pela Dell custa exatos US$ 1.549, tornando este US$ 50 mais caro que o mesmo modelo com sistema Windows. Nem sei como explicar com metáforas a ironia dessa informação, ainda mais pelo fato de ouvir durante anos sobre a filosofia do software livre e de como era opressor e capitalista a estratégia da Microsoft.

Mas fiquem calmos. Esse efeito inflacionário no Dell XPS 13 com Linux Ubuntu tem a sua explicação.

O modelo não é destinado ao consumidor final, e sim, aos desenvolvedores. Tanto, que já conta com algumas ferramentas específicas para essa finalidade pré-instaladas. Além disso, suas especificações técnicas são consideravelmente elevadas, para poder dar conta do trabalho sem engasgos. O XPS 13 conta com um processador Intel Core i5 ou i7 de terceira geração, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento SSD. Já os gráficos pecam um pouco, com uma placa integrada Intel HD 4000.

O modelo possui ainda uma tela de 13.3 polegadas (1366 x 768), e vem com o sistema operacional Ubuntu 12.04 Precise Pangoline. Não está disponível para compra no Brasil, mas pode ser adquirido lá fora na página da Dell na internet.