Você está tendo dificuldades em acessar ou fazer o seu cadastro no MEGA, o novo serviço de Kim Dotcom que substitui o Megaupload? Bom, a notícia a seguir pode ser a explicação para essa lentidão. Segundo o próprio Dotcom (que, simpaticamente, pediu desculpas aos internautas brasileiros por causa do fim do Megaupload), o novo serviço que estreou ontem (19) já conta com mais de 1 milhão de usuários registrados. Repito: no seu primeiro dia de vida.

O anúncio foi feito por Kim através de uma videoconferência em sua mansão na Nova Zelândia, e foi acompanhado de fotos de artifício e belas garotas ao lado do mandatário. A festa de lançamento do MEGA também aconteceu por lá, e foi considerada por alguns presentes como “algo insano”.

Dotcom teve diversas preocupações com o lançamento do MEGA, desde o evento de lançamento, que foi protegido de muitos olhares, até o próprio serviço em si, que possui uma grande página explicando como ele funciona, e como eles pretendem proteger os dados de usuários (e se proteger) de ações semelhantes aquelas que resultaram no fim do Megaupload. “Usando o MEGA, você diz não para aqueles que querem saber tudo sobre você. Você diz não para os governos que querem espiar você. Voce diz SIM para uma internet livre, e para o seu direito à privacidade”, disse Dotcom no seu pronunciamento de abertura do serviço.

O MEGA se destaca por um sistema de criptografia que promete pelo menos atrapalhar a missão de agências governamentais (ou empresas especialistas em segurança) de verificar quais são os dados que são armazenados e compartilhados pelos usuários. Dessa forma, se algum governo tentar quebrar essa segurança, são eles que estão violando a lei, por invadirem a privacidade do internauta. Pelo visto, os internautas parecem ter comprado essa ideia inicialmente. Afinal, quantos serviços conectados conseguem alcançar a marca de 1 milhão de usuários registrados em apenas 24 horas?

Via SlashGear