Por fim, o MacBook Pro com tela Retina de 13 polegadas. Aqui, a Apple acompanhou o movimento dos seus próprios usuários, que indicaram para a empresa aquilo que eles mais queriam. E, como a empresa de Cupertino é tudo, menos boba, encontrou aqui mais uma forma de conseguir dinheiro, seguindo o caminho que o seu público consumidor está indicando.

Durante a apresentação realizada hoje (23) nos Estados Unidos, a própria Apple afirmou que o MacBook que era mais vendido em seu mercado era justamente o modelo Pro com tela de 13 polegadas. Logo, por que não lançar um modelo com tela Retina, para agradar esse povo todo? E foi exatamente isso que a Apple fez.

O principal destaque do novo MacBook Pro de 13 polegadas é, sem dúvida, a sua tela Retina. São mais de quatro milhões de píxels inseridos nessa tela, com a mesma promessa de altíssima densidade. Tão alta, que os seus olhos não vão poder distinguir os píxels na tela. Sua resolução é de 2650 x 1600 píxels, e por consequência dessa nova tela, a redução do reflexo é de até 75% nesse novo modelo, com um contraste 29% maior. A tecnologia IPS ajuda na eficiência de exibição de imagens do produto, oferecendo um ângulo de visão de 178 graus na tela.

Outro benefício desse portátil é que o seu desempenho é totalmente baseado na memória Flash, o que também garante um armazenamento de dados mais eficiente e seguro, em opções de 128 e 256 GB de armazenamento. De forma alternativa, você pode adicionar unidades de 512 ou 768 GB de armazenamento interno. Ou seja, para quem quer um bom notebook para trabalhar e com uma excelente qualidade de imagem, essa é a opção ideal (dentro do mundo Apple). Aliás, a própria Apple afirmou que muitas pessoas compram o modelo para combinar as atividades profissionais, alto desempenho e mobilidade maior que os modelos com telas maiores.

O modelo é um pouco mais fino e mais leve que o MacBook Pro 13 tradicional, mas oferece uma ótima autonomia de bateria de 7 horas de uso, ou 30 dias em standby. Com esse tempo de autonomia, é possível que o usuário que depende de um bom notebook para atividades itinerantes consiga realizar as mais diferentes atividades, sem se preocupar em procurar uma tomada. Isso vale para a maioria dos usuários, pois dificilmente estamos em algum evento ou local público com o notebook ligado por 7 horas consecutivas, trabalhando sem parar.

Para atender a demanda da tela Retina, o novo MacBook Pro de 13 polegadas conta com os novos processadores Intel dual-core e quad-core de terceira geração (Core i5 ou Core i7, dependendo do modelo escolhido), com tecnologia Hyper-Threading e velocidades de até 2.9 GHz (3.6 GHz com Turbo Boost). Os modelos trabalham com os chips gráficos Intel HD Grapchis 4000, que oferecem um bom desempenho para as tarefas cotidianas.

Preços:

– MacBook Pro com tela Retina de 13 polegadas, com processador Intel Core i5 de 2.5 GHz e 128 GB de SSD, por US$ 1.699
– MacBook Pro com tela Retina de 13 polegadas, com processador Intel Core i5 de 2.5 GHz e 256 GB de SSD, por US$ 1.999

Via