Muito se fala sobre o novo Kindle, e não é de se estranhar. Afinal, é um dos dispositivos de maior destaque da Amazon, cuja primeira versão foi lançada em novembro de 2011. Agora, a CNET garante que o Kindle Fire 2 será anunciado oficialmente no dia 31 de julho, em um evento que a Amazon está preparando.

A data não está confirmada, mas nas últimas semanas, muitas informações que fazem referência a uma nova versão do dispositivo da Amazon, e bem sabemos que “quando há fumaça, há fogo”. Se levarmos em conta que o Google, muito provavelmente vai apresentar a sua versão de tablet durante o evento Google I/O, que a Apple lançou o Novo iPad recentemente, e que a Microsoft apresentou o Microsoft Surface, a Amazon não pode ficar para trás.

O Kindle não é o melhor tablet do mercado, e isso é fato. Mas é um dos mais baratos, e isso chama a atenção de muita gente. E seria muito interessante ver quais são as modificações que a empresa fez para torná-lo mais competitivo em sua performance, e melhorar a relação preço/qualidade.

Não faz muito tempo, um rumor surgido no site DigiTimes faz alusão ao lançamento pela Amazon de um novo tablet de 7 polegadas, com preço de US$ 199, com resolução de 1280 x 800 píxels, que reduziria o preço do modelo atual para apenas US$ 150. Será que esses anúncios vão mesmo ser feitos no dia 31 de julho? Ninguém sabe ao certo, uma vvez que a empresa não se pronuncia de forma oficial. Mas, se acontecer, não será em um timing de mercado tão ruim assim.

A fonte da CNET não disse nada sobre a resolução da tela desse futuro dispositivo, mas falou de uma câmera integrada e controles físicos de volume, que chegam depois de queixas dos usuários sobre a primeira versão, que só poderia ter o seu volume controlado através do software.

Também se falou em um novo leitor Kindle, com um preço de US$ 79. Na teoria, o produto seria melhorado, mas com o seu preço mantido. Entre essas melhorias, talvez esteja presente o backlight que os usuários tanto esperam, e isso também não seria estranho, uma vez que os seus competidores diretos (a.k.a. Nook Simple Touch), já contam com tal recurso. Por outro lado, eles podem apresentar uma outra versão do Kindle Touch, que também pode oferecer a luminosidade na tela, e com preço menor que o modelo atual.

Fato é que o Kindle é hoje um dos produtos mais importantes do mundo tecnológico, e a Amazon sabe muito bem disso. Esperamos que os novos lançamentos estejam a altura da concorrência.

Via Gizmologia