Original-iPod

Em 10 de novembro de 2001, Steve Jobs apresentou o primeiro iPod. E a partir daquele momento, ele e a Apple mudavam o mundo da música para sempre.

A não ser que você tenha vivido embaixo de uma pedra nos últimos (vai) 12 anos, e tenha saído há 20 minutos, e esse post foi uma das primeiras coisas que você tenha feito após sair da pedra, você sabe o que é um iPod. Logo, vamos economizar tempo em apresentações. O que podemos dizer é que o iPod é o primeiro produto da Apple que efetivamente marcou a entrada da empresa no universo da tecnologia de consumo, e a partir daí, fez com que a empresa se tornasse efetivamente um gigante do setor.

Foi o produto que colocou um “i” em tudo o que foi imaginado depois, e você querendo ou não, foi o produto que pavimentou o caminho para o avanço tecnológico que, anos depois, resultou no cenário atual de smartphones, eletrônicos e gadgets de consumo. Aliás, vale lembrar que, na época do seu lançamento, o produto deu tão certo, que conseguiu a façanha de ser vendido por US$ 400, mesmo sendo compatível apenas com os computadores da Apple, e contando com apenas 5 GB de capacidade de armazenamento.

Quando o iPod chegou ao mercado, o mundo começava a falar no compartilhamento de músicas (através do Napster) e da conversão de CDs em MP3. E pensar que quando eu fiz tudo isso, eu estava apenas a dois anos de me casar. O timing de lançamento do iPod foi simplesmente perfeito, e olha que já haviam outras opções de players musicais no mercado.

novos-ipods-touch

O tempo passou, muitas versões do iPod foram lançadas, e ao mesmo tempo em que pensamos que o produto está no seu processo de extinção (em 2013, não tivemos anúncios de novos iPods, o que é mais uma evidência clara que o seu fim está próximo), também podemos pensar o quanto a tecnologia evoluiu em dez anos.

De um iPod rudimentar como era o modelo original de 2001 para o iPod Touch de quinta geração, apresentado em 2013, o iPod mostrou uma evolução incrível, apresentando novos recursos, formatos e funcionalidades. De forma indireta, isso ajudou a evoluir toda uma indústria de players musicais, e até mesmo nos telefones móveis. Hoje, qualquer celular de baixo custo é capaz de reproduzir músicas em formato digital, e isso não seria possível sem o lançamento do iPod.

E a pergunta fica: por quanto tempo o iPod ainda pode sobreviver no atual mercado de gadgets?

Via Apple Insider