iPhone mais caro

 

O último relatório do Deutsche Bank revela que o Brasil perdeu o “título”de país com o iPhone mais caro do mundo, que agora é da Turquia.

Um iPhone 7 com 128 GB de armazenamento custa, em média, US$ 1.200 na Turquia. Ele é 47% mais caro do que o preço nos Estados Unidos, que tem preço de US$ 815.

No Brasil, o mesmo iPhone custa US$ 1.115, seguido pela Rússia (US$ 1.086), Grécia (US$ 1.028) e Polônia (US$ 1.005).

Por outro lado, Japão, Hong Kong, Malásia e Canadá contam com os iPhones mais baratos do mundo, custando apenas 5% a mais que nos Estados Unidos.

 

 

A crise política na Turquia contribuiu para essa mudança no ranking. Os diversos conflitos no país provocados pelo atual presidente resultaram no fechamento de meios de comunicação, censura da internet, bloqueio da Wikipedia, escândalos de corrupção, manifestações nas ruas e gole militar.

Com um cenário tão desfavorável, a moeda local, a lira turca, perdeu metade do seu valor em relação ao dólar em três anos.

Outro fator importante para essa troca de posições foi o fato do iPhone 7 chegar ao Brasil com preço inicial sugerido de R$ 3.499, um valor inferior ao cobrado pela versão mais básica do iPhone 6s (R$ 3.999).

Resumo da ópera: você viveu para ver o Brasil NÃO ter o iPhone mais caro do mundo. Pelo menos uma vez na vida.

 

Via BusinessInsider