O ICQ continua vivo, não só entre os usuários mais saudosistas (e entre aqueles que são aversos ao MSN Live Messenger), mas também no mercado de tecnologia. Recentemente, três empresas (a ProfMedia, a DST e a Tencent) apresentaram ofertas para comprar da AOL o serviço de mensagens instantâneas. Vale lembrar que, em dezembro do ano passado, a AOL foi desmembrada da Time Warner, e colocou à venda os ativos considerados não essenciais, inclusive o ICQ. Quem informa é o jornal Vedomosti.

Fonte