galaxy note 7

 

Fato: o Galaxy Note 7 foi um fracasso.

Mas dentro de cada fracasso, há algo que nos aproxima um pouco mais do sucesso. Nesse caso, mais perto do que parece, mas de forma peculiar.

O motivo é simples: 10% das unidades do Galaxy Note 7 ainda não foram devolvidos, e esta é uma base de usuários maior que a de modelos que são comercializados sem problemas, como o LG V20 e o OnePlus 3T juntos.

E isso é base de usuários porque só levam em conta os modelos ativos, ou seja, em uso.

Modelos como o Google Pixel, o Pixel XL e o Sony Xperia XZ superaram o Galaxy Note 7, mas por pouco.

É interessante ver que, mesmo depois de iniciado o processo de devolução do Galaxy Note 7, poucos fabricantes grandes foram capazes de igualar ou superar sua base de usuários, mesmo que seja em uma vantagem mínima, depois de dois meses de devoluções.

Isso tudo só mostra como a Samsung ainda é a marca de maior peso no mercado Android. Mas ela deve ter cuidado e não dormir nos louros, já que a Huawei pisou o pé no acelerador, e com muita força.

 

Via Fudzilla