iphone-5c-2013

Na semana passada, o FBI anunciou que não mais precisava da Apple para acessar os dados do iPhone 5c de San Bernardino, acabando assim (em partes) com a polêmica em torno da privacidade dos nossos dados que o caso gerou. Agora, James Comey, diretor do FBI, deu mais detalhes sobre como eles conseguiram desbloquear o smartphone de Syed Rizwan Farook, um dos assassinos do terrível massacre ocorrido na cidade californiana.

O governo dos Estados Unidos comprou o que Comey chama de ‘uma ferramenta’ de uma companhia particular de identidade desconhecida para acessar o smartphone. Não sabemos se eles tiveram que pagar por um método já existente, ou se esse foi desenvolvido pela empresa sob encomenda do FBI, depois da recusa da Apple em ajudar no caso.

Coney chega a indicar que a ferramenta só funciona com um ‘pequeno grupo de smartphones’, e entre eles se incluiria o 5C, enquanto que a CNN vai além, informando que o mencionado método não permite o acesso ao smartphone coomo o iPhone 5s ou modelos superiores.

Sobre a identidade da empresa privada que operou tal milagre, o FBI não deu pistas sobre esse tema, e nem vai fazer isso, obviamente. Se limita a indicar que eles contam com uma grande confiança na empresa e na sua discrição, garantindo que a companhia tem as mesmas motivações que o Escritório Federal de Investigação dos Estados Unidos.

É dito que o FBI poderia revelar diretamente para a Apple como eles acessaram o smartphone, porém, depois das declarações de Comey, entendemos que isso é pouco provável. De acordo com o diretor, sobre o que eles vão revelar ao time de Cupertino, eles buscarão a maneira de corrigir o erro, e novamente voltar a estar como era no princípio. Especula-se que essa mesma informação foi revelada a determinados membros do Congresso norte-americano, uma informação que não é confirmada.

Recentemente, publicamos aqui no blog um dispositivo do Reino Unido que custa apenas 120 libras, que é capaz de desbloquear o iPhone 5c sem perda de dados em poucas horas. Seria esta a ‘ferramenta’ que o FBI/Governo dos Estados Unidos teria adquirido para alcançar seus objetivos?

Via CNN Money