650_1000_oculus-rift-dk2

Quase que passa desapercebido por todos nós. O Facebook anunciou a compra da Oculus em março de 2014, e só nessa semana a transação foi confirmada e finalizada.

O acordo de US$ 2 bilhões foi confirmado por um comunicado conjunto das duas empresas, que afirmam que “olham para o emocionante futuro juntos, criando a próxima plataforma de computação, e reinventando a forma que as pessoas se comunicam”.

Pelo menos no primeiro momento, tudo indica que a Oculus pode, além dos jogos, oferecer uma espécie de sistema de videoconferências virtuais, mas nada ainda é muito certo. Palmer Luckey, fundador da Oculus, confirmou que sua missão será “promover a adoção da realidade virtual a longo prazo, e não se focar em resultados financeiros a curto prazo”, fazendo com que essa parceria leve a realidade virtual para todos.

Via Engadget