evleaks

Tanto aqui como em outros veículos de tecnologia e mobilidade contavam com o @evleaks como referência, por conta de seus diversos vazamentos no segmento de smartphones, com elevado índice de acerto. Pois bem, Evan Blass (que era quem respondia pela conta tão famosa), decidiu abandonar essa atividade.

Ele comunicou sua decisão ao mundo através de uma mensagem no Twitter, sem entrar em detalhes. No ano passado, em entrevista para o site Android Police, Blass revelou que sofria de esclerose múltipla, e aqui pode estar o motivo de sua recente decisão.

Blass foi editor do Engadget durante um tempo, mas há dois anos mantinha um perfil anônimo no Twitter, o @evleaks, onde ele vazava dados de futuros produtos das gigantes do mundo mobile.

Recentemente, inaugurou o seu próprio site, o Evleaks.at, com o objetivo de rentabilizar os seus vazamentos através de conteúdos e de publicidade para anunciantes interessados. Sua conta no Twitter possui mais de 187 mil seguidores.

Vai fazer falta.

Via The Next Web, @evleaks