650_1000_tape

A avalanche de unidades SSD fez com que outras soluções clássicas de armazenamento fossem simplesmente esquecidas. Porém, a Sony mostra que algumas coisas não mudam. Pesquisadores da empresa desenvolveram uma tecnologia que aumenta a densidade de dados por polegada quadrada, multiplicando o que se conseguia ate’agora por 74.

O que isso quer dizer? Que podemos ter em um futuro próximo cartuchos de até 185 terabytes!

Apenas para comprar: a última geração dos cartuchos de fita, a LTO-6 (Linear Tape-Open), possui uma densidade de 2 Gbits por polegada quadrada, ou cartuchos de 2.5 TB sem comprimir. O desenvolvimento desse projeto será mostrado na feira Intermag Europe 2014, que acontece nesse final de semana, e talvez ajude ainda mais a impulsionar a divisão de negócios da Sony, que cresceu 26% em 2013.

Ou seja, com isso, a fita magnética segue mais viva do que nunca.

Via ITWorld