A que ponto chegamos, não é mesmo, Tim Cook? Mandou o Forstall embora, demitiu o Richard Williamson, que era o responsável direto pelo Apple Maps… mas mesmo assim, suas medidas não impedem que a reputação do Apple Maps fique cada vez mais arranhada.

Dessa vez, a propaganda negativa vem da Austrália, o mesmo país que começou uma discussão sobre a denominação do termo “4G” adotado pelo iPad, obrigando a empresa de Cupertino a abrir mão desse termo no país (uma vez que os seus produtos não eram compatíveis com essa rede, dando assim a entender que se tratava de uma propaganda enganosa). Agora, é a polícia australiana que dá trabalho para a Apple, recomendando a população do país a não usar o Apple Maps presentes no iOS 6.

Bom, creio que não é necessário uma autoridade local para passar esse tipo de recomendação. Qualquer pessoa de bom senso que tenha utilizado o aplicativo por algumas vezes (e constatado o quão ele é ruim) saberá que não deve usá-lo novamente, até que ele fique minimamente aceitável. Mesmo assim, a polícia de Victoria emitiu um alerta sobre o uso do mapas no iOS 6, informando que um desconhecido número de usuários se perderam em zonas despovoadas da região, por causa das indicações apontadas pelo aplicativo.

O caso consegue ser mais bizarro do que parece: algumas dessas pessoas se perderam a ponto de ficar aproximadamente 24 horas sem água, nem comida. Ou seja, foram parar em regiões inóspitas da região. A polícia local também afirma que resgatou seis motoristas que foram parar em um parque nacional que fica a 70 km (em média) do destino solicitado pelos motoristas, graças às indicações do Apple Maps.

Eu compreendo que a Apple está fazendo todos os esforços possíveis para melhorar o Apple Maps no menor tempo possível. Também compreendo que o início de um novo serviço (seja ele qual for) pode apresentar problemas. Mas, sendo bem sincero: 70 km de erro é demais. Não compreendo mais as pessoas defendendo a decisão da Apple com “era algo necessário” quando claramente vemos que a empresa sequer se preparou para essa mudança.

Meu conselho? Não use mesmo o Apple Maps. Foi isso que me impediu de atualizar o meu iPhone até hoje. A dica é: utilizem o Nokia HERE o quanto puderem. Pode não ser tão eficiente quanto o Google Maps, mas ao menos vai te levar no lugar certo.

Via The Australian, CNET