A Panasonic aproveitou a sua passagem pela CES 2013 para apresentar os seus novos tablets reforçados. Os modelos Toughpad FZ-G1 e Toughpad JT-B1 chegam ao mundo, com diferenças nos sistemas operacionais, tamanho e configurações. Mas, basicamente, a principal diferença que você precisa saber é que o primeiro modelo vem com Windows 8, e o segundo, com Android Jelly Bean.

Os dois modelos estão voltados ao setor empresarial ou governamental, pois sua principal qualidade é a sua resistência em condições adversas. Assim, os modelos suportam temperaturas entre -10 e 50 graus, são submergíveis, resistentes a golpes (principalmente quedas) e contam com telas que permitem uma excelente visualização em plena luz do dia. Tudo isso (segundo sua nota de imprensa) foi feito para responder as necessidades que os usuários desse tipo de produto manifestaram ao longo do tempo.

Mesmo sendo produtos robustos, a Panasonic não descuidou do seu interior. Começando pelas especificações do Toughpad FZ-G1, o modelo com Windows 8 e tela de 10.1 polegadas:

  • processador Intel Core i5, de 1.9 GHz
  • entre 4 e 8 GB de RAM
  • 128 ou 256 GB de armazenamento SSD
  • bateria removível de até 8 horas de autonomia

Tudo isso se encaixa em um corpo de 27 x 19 cm (e menos de 2 cm de espessura). Seu peso é de pouco mais de 1 quilo, algo bem surpreendente em um dispositivo com essas características. Igualmente surpreendente é o seu preço, mas pelo elevado valor: US$ 2.899. Ou seja, é inacessível para o mercado dito normal, mas para o seu público alvo (o mundo empresarial), é um preço bem interessante. Chega ao mercado em março de 2013.

Já o Toughpad JT-B1, o tablet Android com tela de 7 polegadas, tem as seguintes especificações:

  • processador TI OMAP 4460 dual-core de 1.5 GHz
  • 1 GB de RAM
  • 16 GB de armazenamento
  • bateria removível de até 8 horas de autonomia

Nesse caso, o seu peso é de apenas meio quilo, e o seu preço é igualmente exorbitante: US$ 1.299, mas mesmo assim, para suas aspirações e seu segmento de mercado, é um preço que não pode ser desprezado. Vale lembrar que a Panasonic possui hoje 80% da cota desse mercado de dispositivos prontos para todo terreno.

O modelo com sistema Android chega ao mercado em fevereiro.

Via Engadget