ipad-mini-anatel

 

Muito mais rápido do que se imaginava. Os novos iPads (iPad Air e iPad mini Retina), apresentados no começo de outubro pela Apple, e já na segunda leva de lançamento, foram homologados no Brasil pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o que torna os produtos aptos para serem comercializados no mercado brasileiro.

A documentação informa que a homologação foi concedida na semana passada. Os modelos aprovados pela Anatel são o A1474 (iPad Air) e o A1489 (iPad mini com tela retina). Os dois modelos estão homologados na versão Wi-Fi (as versões Wi-Fi + 4G dos dois produtos ainda não foram homologadas.

Os iPads aprovados pela Anatel serão fabricados pela Foxconn, na sua unidade fabril na China e na unidade de Jundiaí (São Paulo). Mais uma vez, tudo indica que os primeiros lotes dos novos tablets serão importados (principalmente se a Apple tem mesmo a intensão de lançar o produto por aqui no final do ano, em tempo para as vendas de Natal), mas a citação da fábrica brasileira abre a possibilidade do produto ser fabricado em nosso país em médio prazo.

anatel-ipad-mini

Vale lembrar que os modelos com conectividade LTE vendidos nos Estados Unidos são (teoricamente) compatíveis com as redes 4G brasileiras, o que leva a crer que os modelos A1475 (do iPad Air) e A1490 (do iPad mini com tela Retina) podem ser homologados pela Anatel no futuro.

E, de novo: a homologação não quer dizer que estamos diante de um lançamento iminente. Ainda acho muito pouco provável que a Apple lance no final do ano, ao mesmo tempo, o iPhone 5s, iPhone 5c, iPad Air e iPad mini Retina. Se isso acontecer, ótimo (estarei feliz em estar errado), e há até indícios que pelo menos o iPad mini Retina possa chegar por aqui até dezembro (a queima de estoque recente do iPad mini de primeira geração nos e-comerces nacionais é um desses indícios).

Porém, é muito produto de uma vez só. A não ser que a Apple esteja apostando em uma demanda monstro de produtos para o final do ano, ainda acredito que esses lançamentos serão escalonados, até mesmo para dar fôlego para os cartões de crédito dos ávidos usuários.

Vamos aguardar pelos próximos acontecimentos.

Via MacMagazine, Tecnoblog