sharp-2100

A Sharp mostrou recentemente um smartphone que pode reproduzir vídeos a 2.100 frames por segundo (fps), para um efeito slow motion mais suave. Alguns dispositivos da empresa, como os Aquos Zeta, Aquos Xx e Aquos Serie incorporam câmeras que podem gravar a 210 fps (854 x 480 pixels, FWVGA) ou a 120 fps (Full HD).

Quando a Sharp combinou isso com a sua tecnologia de compensação de frames, os smartphones se mostraram capazes de reproduzir em slow motion a 2.100 fps (FWVGA) e a 1.200 fps (Full HD). A empresa não teve dúvidas em afirmar que este é o maior rating de slow motion na reprodução obtido através de um smartphone.

Em uma coletiva de imprensa realizada em Tóquio (Japão) na última segunda-feira, a Sharp mostrou vídeos executados em smartphones Aquos, e mostrou como era possível ver as gotas de água caindo e fogos de artifício em slow motion extremo, este último com uma velocidade de reprodução até 70 vezes mais lenta que o normal nos vídeos, enquanto que a imagem poderia ser vista de forma totalmente fluída.

A tecnologia de compensação de frames da Sharp é um processador de imagens que copia cada frame em um vídeo, e adiciona dez dessas cópias junto a cada frame, obtendo como resultado um elevando alcance de frames na reprodução.

Os novos smartphones da Sharp serão lançados no mercado japonês através de alguns dos principais provedores de serviços telefônicos do país. Também foi apresentado um tablet de 7 polegadas, que foi descrito como o mais leve do seu tamanho – o Aquos Pad SH-05G -, com peso de 213 gramas. O dispositivo está construído com materiais leves, 8 mm de espessura, tela IGZO de 1200 x 1920 pixels de resolução, bateria de 3.900 mAh e uma câmera traseira de 8 megapixels.

Via PCWorld